a coisa

Uma “coisa” com potencial

A prequela de um clássico de terror dos anos 80, o filme A Coisa é realizado pelo estreante Matthijs van Heijningen Jr. E se à partida o desastre parece iminente… a verdade é que A Coisa acaba mesmo por funcionar.

Se é verdade que existem descobertas que podem mudar o mundo, certo é também que às vezes existem coisas que simplesmente não vale a pena descobrir. A trabalhar na gélida Antárctica, um grupo de cientistas noruegueses e americanos depara-se com aquilo que parece ser uma nave espacial enterrada no gelo. Lá dentro, o corpo de uma criatura está congelado, aparentado estar morto há várias décadas.

Infelizmente para eles, e felizmente para nós, tudo não passa de uma aparência, e o monstro cedo recuperará das baixas temperaturas e começará a destruir tudo à sua volta. Mas com um pequeno revés na história: se as células da criatura tocam algum ser humano, esse eventualmente transformar-se-á numa outra versão do alien.

A Coisa não é um filme fácil: a prequela de um clássico é um desafio, e implica uma jornada difícil para trazer algo de novo, moderno e actual a uma história que remonta à década de 50. Apesar de não ser extraordinário, consegue fazer aquilo que promete: trazer um thriller intenso às salas de cinema, capaz de arrepiar até os mais audazes.

6/10

Ficha Técnica

Título original: The Thing

Realizado por: Matthijs van Heijningen Jr.

Escrito por: Eric Heisserer

Elenco: Mary Elizabeth Winstead, Joel Edgerton, Ulrich Thomsen, Adewale Akinnuoye-Agbaje, Eric Christian Olsen

Género: Terror

Duração: 102 minutos

Mais Artigos
Terra Brava está em últimos episódios na SIC.
Audiências. SIC continua em alta no horário nobre