Ornatos Violeta

Obra completa dos Ornatos Violeta reeditada este Natal

20 anos depois da sua criação, a banda de Manuel Cruz lança em Dezembro uma edição especial com músicas dos dois álbuns lançados, inéditos e raridades que deveriam ter feito parte do terceiro disco que muitos lamentam nunca ter sido lançado.

A caixa especial contém as reedições de Cão! (1997) e O Monstro Precisa de Amigos (1999) e o CD Raridades/Inéditos, que reúne temas da banda dispersos por compilações e faixas que nunca foram editadas.

Tempo de Nascer (música criada para a colectânea Tejo Beat), a versão da música Circo de Feras dos Xutos & Pontapés e Marta (lado B do CD-single de Ouvi Dizer) são as raridades presentes nesta edição especial que os fãs mais dedicados já tiveram oportunidade de ouvir mas que nunca foram editadas num álbum

Temas inéditos e que despertarão curiosidade acrescida por parte de todos são Como Afundar, Há-de Encarnar (embora haja gravações ao vivo disponíveis para download), Devagar, Rio de Raiva e Pára-me Agora, esta última das sessões de gravação de Monte Elvis (2001), aquele que seria o terceiro álbum da banda.


Para 2012 está também marcado o lançamento de uma edição limitada de 300 vinis dos álbuns Cão! e O Monstro Precisa de Amigos, pela editora Universal em colaboração com a Rastilho. O álbum de raridades e inéditos não será, por enquanto, lançado em vinil.

Os Ornatos Violeta separaram-se em 2002. O Monstro Precisa de Amigos foi considerado em 2009 como o melhor álbum português do período 1994-2009 pelos ouvintes da Antena 3. Em 2010, Filipe Pinto venceu a edição do Ídolos e interpretou a célebre Ouvi Dizer: uma das razões pelas quais a banda é idolatrada por milhares jovens que não a conheceram em actividade. A nuvem de nostalgia e a generalizada incompreensão pelo fim da banda comprovam-na como um marco da música portuguesa.

O vocalista Manuel Cruz esteve envolvido de 2008 até ao último Verão no projecto Foge Foge Bandido (agora terminado),  o baixista Nuno Prata gravou já dois álbuns em nome próprio e o guitarrista Peixe está envolvido nas bandas Zelig e DEP.

Mais Artigos
Valete
Valete: muito mais do que cinco músicas sobre racismo