Amy Winehouse: Hidden Treasures sai dia 5 de Dezembro.

Garota de Ipanema é um dos exemplos de singles inéditos que constam neste terceiro álbum da cantora. Mark Ronson e Salaam Rem foram os produtores deste álbum póstumo de Amy Winehouse: «passaram algum tempo a escutar as gravações que Amy fez antes, durante e depois da edição dos álbuns Frank e Back to Black», lê-se no site oficial da cantora.

Também os simgles Will You Still Love Me Tomorrow, das The Shirelles, A Song For You, de Donny Hathaway e  Our Day Will Come, de Ruby & The Romantics, o dueto com Tony BennettBody and Soul, e uma versão alternativa de Valerie fazem parte deste disco. A fotografia da capa é da autoria de Bryan Adams e foi tirada no Natal de 2007.

Alinhamento disponibilizado pela editora Island Records:

Our Day Will Come : versão reggae para tema doo-wop dos anos 60, gravada em maio de 2002 e produzida por Salaam Remi.

Between The Cheats : gravada em maio de 2008 e produzida por Salaam Remi.

Tears Dry : a versão original de Tears Dry on Their Own, gravada em novembro de 2005 como balada. Também produzida por Salaam Remi.

Wake Up Alone : a demo da primeira canção a ser escrita para Back To Black , gravada em 2006.

Will You Still Love Me Tomorrow : versão do tema de Carole King, cantado pelas Shirelles. Mark Ronson produziu e os Dap Kings tocaram, em setembro de 2004.

httpv://youtu.be/T-WuaPdaP3c

Valerie : versão mais lenta da leitura de Amy para a canção dos Zutons.

Like Smoke : gravada com o rapper Nas em maio de 2008.

The Girl From Ipanema (Garota de Ipanema) : a primeira canção que Amy cantou quando foi para Miami gravar com Salaam Remi, aos 18 anos. Esta versão foi gravada em 2002.

Halftime : gravada em agosto de 2002.

Best Friends : música com que Amy costumava abrir os concertos durante digressão do primeiro álbum; gravada em fevereiro de 2003.

Body & Soul : gravada com Tony Bennett, nos estúdios Abbey Road em Londres, em março deste ano. É a derradeira gravação de Amy.

A Song For You : versão do tema de Leon Russell, popularizado por Donny Hathaway. Amy gravou esta versão do seu ídolo (Hathaway) em casa, com voz e guitarra, na primavera de 2009.

Uma libra por álbum será doada à Fundação Amy Winehouse que ajuda jovens que enfrentam problemas de álcool e drogas.