A Europacorp comprou o guião Grace do Mónaco para desenvolver um filme sobre a vida de Grace Kelly. A notícia foi revelada esta semana pelo Hollywood Reporter e centra-se na vida pessoal da actriz e na sua influência política na época da crise entre o Mónaco e a França, em 1962.

A Europacorp, empresa parisiense do realizador e produtor Luc Besson, pretende transformar em filme este guião de Arash Amel, comparando as possibilidades cinematográficas do episódio da vida da diva com as do filme O Discurso do Rei.

Este argumento conta seis meses da vida de Grace Kelly como princesa do Mónaco e esposa de Rainier, demonstrando a importância da sua acção para a reconciliação entre o Mónaco e a França. A história, passada em 1962, demonstra como as capacidades políticas da princesa acabaram por ser necessárias e surpreender os restantes intervenientes.

Grace Kelly foi uma das divas do cinema nos anos 50, embora tenha abandonado o percurso artístico logo aos 26 anos, assumindo integralmente a função de princesa do Mónaco. Actualmente a Europacorp procura um realizador que possa assumir o projecto e uma actriz que consiga representar o papel da eterna musa.