O concelho da Amadora volta a acolher o Festival Internacional de BD, que este ano decorre de 21 de Outubro a 6 de Novembro.

Tendo como tema central o humor, a 22ª edição do festival terá, à semelhança de anos anteriores, exposições em diversos pontos do município. O núcleo central do evento será no Fórum Luís de Camões, na Brandoa, com a exposição Humor na Banda Desenhada, que pretende celebrar o centenário do humorismo em Portugal e a sua influência na BD nacional.

O Festival assinala também os 60 anos da famosa série americana Peanuts, do criador Charles M. Schulz, com uma mostra em colaboração com a Peanuts Worldwide e o Museu Charles Schulz. Neste local decorre ainda a exposição Ano Editorial, com a apresentação dos diversos livros nomeados para os prémios de 2011, atribuídos pelo festival.

A nova geração de autores portugueses estará fortemente representada na edição deste ano, numa mostra colectiva de originais dos premiados do ano passado, como Rui Lapas, com o álbum Asteroid Fighters, vencedor do melhor álbum português, e Nelson Martins, com Tout sur les Célibataires, melhor álbum português em língua estrangeira, entre outros.

Os recreios da Amadora vão ser palco da exposição AmadoraCartoon, bem como a Galeria Municipal Artur Boal, a Escola Superior de Teatro e Cinema ou a Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, que também terão as suas próprias exibições, à semelhança de outros locais do concelho.

Para além das exposições, terão também lugar no festival workshops, concertos e uma feira do livro, bem como sessões de autógrafos, que este ano contarão também com autores estrangeiros. Entre os vários nomes internacionais presentes estarão Alex Baladi (Suiça), Luís Gê (Brasil), Roberta Gregory (EUA), Eric Maltaite (Bélgica) e os argentinos Juan Cavia e Santiago Villa, entre outros.

Poderá consultar o cartaz e o programa do Festival aqui.