O poster pode fazer pensar que se está perante um filme de terror, mas não é disso que se trata. A Casa dos Sonhos é um thriller cheio de mistério, mas com uma história pouco original. O elenco, esse, poderá chamar um maior número de espectadores, já que caras como as de Daniel Craig, Naomi Watts ou Rachel Weisz não deixam ninguém indiferente.

Do realizador Jim Sheridan (Brothers, 2009; In America, 2002; In the Name of the Father, 1993), chegou a semana passada aos cinemas o filme que conta a história de Will Atenton (Daniel Craig), que após se mudar com a mulher e as duas filhas para a nova casa, em New England, descobre que o seu novo lar foi palco de um assassinato. Uma mãe e as suas duas filhas foram ali mortas e toda a cidade acredita que o crime foi cometido pelo marido, único sobrevivente. Will começa a investigar o sucedido a partir das pistas que Ann Paterson (Naomi Watts), vizinha e amiga da família que morreu, lhe dá. Will e Ann irão juntar-se para descobrir quem foi realmente o assassino e vão conhecer os segredos da casa dos sonhos.

O argumento de David Loucka apresenta uma narrativa já muito vista em filmes do género e o trailer de A Casa dos Sonhos não ajuda a manter o suspense. Ainda assim, para quem não viu o trailer (e não o veja, caso queira apreciar o filme sem demasiados spoilers), a história pode surpreender com a reviravolta que se dá a determinada altura que deixará o espectador perturbado. Nada é o que parece e, apesar de previsível, o final do filme não corresponderá certamente ao que se imaginaria de início. Will será o testemunho de como os acontecimentos podem mudar a mente humana de uma forma inimaginável e nós estamos ali para ver todas as surpresas que estarão reservadas.

As interpretações estão ao nível esperado, sem grandes exaltações. O destaque vai para Daniel Craig, na pele do protagonista, que consegue fazer transparecer o desespero de Will de forma muito credível. O aspecto envelhecido do actor aquando das primeiras revelações está muito bom, reforçando o quão sem rumo se encontra a personagem, depois de perceber a realidade que está perante si.

Não estamos perante um filme que se destaque por algum motivo especial, já que, para além da história pouco original, cai em muitos clichés e situações muito pouco prováveis. No entanto, (e volto a recomendar vivamente que ninguém veja o trailer) a reviravolta que se dá vem revelar que segredos esconde A Casa dos Sonhos e há momentos que valem a pena ser vistos. Não se trata de um filme de sustos, mas de um mistério que também o espectador quererá ver resolvido.

5.5/10

Ficha Técnica

Título original: Dream House

Realizado por: Jim Sheridan

Escrito por: David Loucka

Elenco: Daniel Craig, Rachel Weisz, Naomi Watts

Género: Drama, Mistério, Thriller

Duração: 92 minutos

Crítica escrita por: Inês Moreira Santos