A próxima edição da Liga dos Campeões já não será transmitida pela RTP. O canal público decidiu não concorrer à compra dos direitos de transmissão televisiva da competição europeia, válidos para os próximos três anos.

A RTP, que nas últimas épocas tem assegurado a transmissão dos jogos da Champions, tinha até ontem de manhã para apresentar uma proposta à UEFA. Mas não o fez. “Tomámos essa decisão [na segunda-feira] à noite. Foi uma decisão de gestão, secundada e apoiada pelo acionista [Estado], que considera que esta é a decisão certa“, revelou esta terça-feira o vice-presidente da estação pública, José Marquitos, em declarações à agência Lusa.

A transmissão televisiva dos jogos da Liga dos Campeões custou à RTP, nos últimos três anos, 17,25 milhões de euros (5,75 milhões por cada época). A desistência pelos direitos televisivos da prova vai ao encontro do plano de contenção de custos que está a ser aplicado pelo canal do Estado. “Perde-se em termos de não ter o conteúdo, mas ganha-se em termos monetários”, sublinhou a mesma fonte, acrescentando no entanto que a decisão foi difícil.

Com a RTP fora da corrida, parece ter sido a TVI quem avançou para a compra dos direitos de transmissão televisiva da liga milionária. João Cotrim Figueiredo, director-geral do canal independente, disse ao Correio da Manhã que ia ontem “apresentar uma proposta para a Liga dos Campeões, estando a decisão sobre a Liga Europa reservada para o último momento”.