LOGO_lisbon_estoril_film_festival

Lisbon & Estoril Film Festival traz novidades

Na sua 5ª edição, Lisboa tornou-se também palco do agora denominado Lisbon & Estoril Film Festival, este ano a decorrer entre 4 e 13 de Novembro.

Em conferência de imprensa, Paulo Branco, o produtor e director artístico do festival, anunciou algumas das novidades deste ano. Sendo o festival “um encontro de artistas e intelectuais que tenha o cinema como referência”, o evento contará com convidados de luxo. J. M. Coetzee, Don DeLillo e Matthew Barney são alguns dos nomes que estarão presentes e que nos fazem ser “invejados lá fora”, como referiu Paulo Branco.

J. M. Coetzee, Paul Auster, Peter Handke, Don DeLillo, Siri Hustvedt, Luca Guadagnino, Gidon Kremer e José Barrias compõem o júri desta edição.

Para além do principal foco no cinema, este ano dá-se uma atenção especial às artes plásticas, à música e aos debates. O 5º Lisbon & Estoril Film Festival contará com exposições exclusivas dos artistas plásticos Miquel Barceló e Matthew Barney, do fotógrafo Kai Wiedenhöfer, do realizador Wim Wenders e dos directores de fotografia Peter Suschitzky e Christopher Doyle. Na música, destaque para as actuações do músico K’Naan, da cantora, filha de Paul Auster, Sophie Auster e do violinista Gidon Kremer.

No que toca a ante-estreias nacionais, The Ides of March, o novo filme de George Clooney, La Piel que Habito, de Pedro Almodóvar, Restless, de Gus van Sant, A Dangerous Method, de David Cronenberg, Melancholia, de Lars von Trier e Faust (vencedor do Leão de Ouro em Veneza), de Alexander Sokurov, são as propostas. Ainda no que respeita a cinema, também se poderá assistir aos mais recentes filmes de Philippe Garrel, dos irmãos Dardenne, de Bertrand Bonello e de Nuri Bilge Ceylan.

William Friedkin, Wes Anderson, Léos Carax e Alexei German, bem como os recentemente falecidos Raúl Ruiz e a actriz Katerina Golubeva, serão homenageados. Haverá ainda lugar para um ciclo de obras clássicas, que contará com quatro filmes restaurados pela World Cinema Foundation de Martin Scorsese e o telefilme Welt am Draht, de Rainer Werner Fassbinder.

Com o “alargamento” do festival a Lisboa, ao Centro de Congressos de Estoril, Casino Estoril, Casa de Santa Maria e Casa das Histórias, as salas habituais, juntam-se este ano os cinemas Monumental e Nimas, Centro Cultural de Belém, Torre de Belém, Mosteiro de São Vicente de Fora e Museus da Politécnica.

Todos os filmes serão sempre exibidos em Lisboa e no Estoril, à excepção dos filmes de abertura (The Ides of March e Restless) e de encerramento (La Piel que Habito), informou Paulo Branco.

Questionado sobre a possível vinda de George Clooney ao evento, Branco explicou que ainda não será nesta edição que o actor e realizador marcará presença por cá. “Sou eu que não quero o George Clooney agora em Portugal, até porque tenho de guardar algumas estrelas para o futuro”, concluiu. Contudo, o produtor adiantou que “virá um grande actor” de The Ides of March, apesar de não ter revelado o seu nome.

Mais informações sobre o festival podem ser encontradas no site oficial do Lisbon & Estoril Film Festival.

Inês Moreira Santos

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Nazaré
Opinião. Nazaré, uma espécie de “Morangos com Açúcar moderna”