O Cultura, precisa-se? regressa, hoje, após uma semana de ausência, pela qual pedimos, desde já, desculpas.

Desta feita, a nossa jornada cultural inicia-se pela cidade de Lisboa, onde lhe sugerimos um fim-de-semana com os clássicos americanos Fatalidade de Josef Von Sternberg (hoje às 21h30) e a Sede do Mal de Orson Welles (Domingo às 21h30), sempre no Espaço Nimas. O custo do bilhete é de 3 euros.

Continuando pelo centro, que tal uma ida ao Convento de Cristo? Vá para além da habitual visita e fique para ver “ A Mar”, uma produção da Amálgama, desta vez recriada com a colaboração do coreógrafo Chan U Hong. Um espetáculo de dança contemporânea que tem por tema o mar, enquanto ligação entre o Oriente e o Ocidente. Hoje e amanhã pelas 19h00.

Rumamos ao sul e resolvemos parar no Auditório Municipal de Olhão. Aqui, sugerimos-lhe que assista ao concerto de Maria de Medeiros «Penínsulas & Continentes» e se deixe levar por caminhos que se estendem da Península Ibérica a Itália, pela América ou por África. Hoje às 21h30, por 15 euros.

Aos que andam por terras nortenhas propomos uma noite ao som d’Os Azeitonas no Parque Urbano Dr. Fernando Melo, em Ermesinde. O concerto começa às 22h30 e a entrada é livre.

Ainda pelo norte, mas mais para oeste, no Cine. Teatro Bento Martins, em Chaves, pode assistir, amanhã, à peça infantil “Os Gnomos de Gnu”, baseada no texto de Umberto Eco e levada a palco pelo Teatro Experimental Flaviense.

Voltamos na quarta-feira, até lá!