A rentrée televisiva está prestes a acontecer e as novidades somam-se numa profusão de novos apostas, renovação de formatos e manutenção de alguns conteúdos que causam expectativa, não só nas estações televisivas, mas sobretudo, no espectador. Para uma nova época televisiva em 2011, o Espalha-Factos mostra-lhe aquilo que mais marcará os últimos meses do ano no que concerne à televisão.

RTP1

A estação pública aposta na diversidade de conteúdos e no apoio a produções nacionais feitas a pensar nos portugueses, como é o caso dos diversos documentários e séries históricas que abordam, de alguma forma, Portugal. Com a rentrée, chega ainda uma imagem renovada do sítio oficial na Internet e o regresso de vários conteúdos bem sucedidos de que Masterchef pode vir a ser um exemplo em 2012. (leia mais aqui).

A voz de Portugal. Os talent shows voltam à estação pública com a apresentação de Catarina Furado. No concurso em que a voz é o que conta, os jovens aspirantes a melhor voz nacional serão escolhidos e orientados por Rui Reininho, Paulo Gonzo, Mia Rose, Sérgio e Nelson Rosado. A estreia acontece no final de Outubro. (conheça o perfil de Catarina Furtado aqui).

O Elo Mais Fraco. O nome e a frase conhecida dos portugueses regressam à estação que os popularizou. Para substituir Júlia Pinheiro e Luisa Castel-Branco, a aposta recai sobre Pedro Granger. A dureza não será igual à das anfitriãs, mas Pedro Granger promete adaptar o formato ao seu estilo pessoal imprimindo ironia e sarcasmo. As gravações começam na próxima semana. (leia mais aqui).

Novas Temporadas. Maternidade continua a desvendar as histórias de um serviço de obstetrícia. Com a assinatura de alguns contratos de exclusividade com a SIC, o elenco da série mudará forçosamente e Custódia Galego e José Fidalgo irão despedir-se desta produção. Outras séries retornam em novas temporadas, como Pai à Força, cuja acção passa a ter lugar no Algarve, e Liberdade 21, que continua a tratar a dinâmica da sociedade de Advogados Vasconcelos, Brito e Associados.

Novas Séries. Com direcção de Nicolau Breyner, Os Compadres é uma das novas apostas da RTP e recupera o elenco de um velho sucesso, Nico d’Obra. Nicolau Breyner, Fernando Mendes, Rosa do Canto e Ana Zanatti constituem duas famílias que mudam de vida com o dinheiro da lotaria. Esta sitcom integra a nova grelha ao lado de Velhos Amigos,com estreia a 18 de Setembro, e Família Açoriana, as novas séries da rentrée 2011 na RTP1.

Visões do Passado, do presente, para o futuro. O documentário premiado de Joaquim Furtado, A Guerra, regressa para os seus últimos 13 episódios, que focam a época que antecede a revolução de Abril. Um documentário sobre História de Portugal, assim como outros que serão igualmente exibidos e de que é exemplo A História da PIDE. A RTP 1 reflecte ainda sobre o presente e o futuro com documentários como Call Center, Memórias de um Portugal Futuro, com Mário Soares, e Além de Nós – Jovens.

A Arte em Documentário. António Pedro Vasconcelos realiza Sonhar era Fácil, 5 episódios documentais sobre a comédia portuguesa que registam as declarações dos que tiveram acção nesta área, com a ajuda do historiador José Matos Cruz. Ainda no âmbito das séries documentais, está para chegar What a Tourist Should See. Baseado no argumento bilingue de Fernando Pessoa, é um olhar sobre Lisboa e os lisboetas realizado por José Fonseca e Costa.

Informação. O regresso do programa semanal de reportagens 30 Minutos está a cargo de Rita Marrafa de Carvalho e traz novas histórias de vitória na adversidade. Na informação, regressam também os formatos Grande Entrevista e Linha da Frente e surgem outros como Caso da Semana, que debate e aprofunda temas marcantes da actualidade.

RTP2

Continua a apostar nas séries de sucesso internacional como Mad Men ou Fringe e na renovação de programas que caracterizam a estação.

Sociedade Civil. A partir de dia 12 de Setembro, Fernanda Freitas volta a tratar os temas que à Sociedade Civil dizem respeito. O programa das tardes da RTP2 regressa com temas como “O Melhor de Portugal”, “A Economia Familiar” ou “O Acordo Ortográfico nas Escolas” já na primeira semana. (leia mais aqui)

Bairro Alto. O programa de entrevistas de José Fialho Gouveia regressa às terças à noite, às 23H30. O estilo de conversa informal e os convidados das áreas da cultura e da ciência mantêm-se na nova temporada, que tem como primeira convidada, já no dia 13, a fadista Aldina Duarte. (leia mais aqui)

Café Central. A série humorística de animação 2D regressa com as cinco personagens de sempre mas com um novo formato. A entrada no novo horário faz-se com a eleição de “O Novo Grande Líder do País” que decorre com a participação do público no Facebook. A revelação do vencedor está marcada para dia 12, às 22H50. (leia mais aqui)

SIC

Faltam algumas confirmações no que à rentrée da SIC diz respeito, mas a aposta é clara em receitas que provaram no passado que resultam. Assim, Peso Pesado regressa e a ficção nacional também com uma nova novela. As produções da TV Globo estão também para ficar.

Peso Pesado 2. O formato de sucesso internacional continua em Portugal numa segunda temporada, mas desta vez, com uma nova apresentadora e com alterações nas regras do jogo. Os 17 concorrentes já começam a emagrecer e Bárbara Guimarães também já grava na Herdade do Peso Pesado. A estreia é apontada para 2 de Outubro. (conheça o perfil de Bárbara Guimarães aqui).

Rosa Fogo. A novela substitui Laços de Sangue no horário nobre da SIC. Com estreia marcada para 19 de Setembro, conta com Cláudia Vieira, José Fidalgo, Rogério Samora entre outros actores que habituaram o público à sua presença em novelas. Os seus primeiros episódios passam-se na Argentina, mas é em Portugal que a trama se adensará. (leia mais aqui)

TV Globo na SIC. Morde & Assopra já estreou e substitui a novela Ti Ti Ti. Os actores são brasileiros, mas bem conhecidos do público português. (leia mais aqui). No horário de Alma Gémea e Araguaia também estarão, em Outubro, novas novelas da Globo, ainda a designar.

Formatos por definir. A taróloga Maya regressa aos ecrãs da SIC com o seu próprio programa diário, às 9H00, a anteceder Querida Júlia. Os moldes deste programa não são ainda conhecidos bem como os do novo formato de Rita Ferro Rodrigues. Este último já tem nome. Deverá chamar-se Caça ao Bandido e vai debruçar-se sobre o mundo do crime.

Regressos. Minutos Mágicos, o programa semanal em que Mário Daniel percorre o país com truques de magia volta para a sua segunda temporada. Também a série A Família Mata, protagonizada até agora por actores como Rita Blanco, José Pedro Gomes e Marco Horácio, volta para uma segunda edição.

TVI

A estação de Queluz de Baixo não parece mexer muito na equipa vencedora. Os formatos mantêm-se semelhantes com ligeiras alterações. A aposta na ficção nacional continua: apesar da redução de três para duas novelas, há vários telefilmes a serem produzidos.

A Casa dos Segredos 2. O formato mantém-se mas com novas caras e novos segredos. É o regresso de Teresa Guilherme aos reality shows e, desta feita, numa casa alargada e renovada, como sugere a promoção já lançada. Leonor Poeiras também estará envolvida, tendo a seu cargo os diários. (conheça o perfil de Teresa Guilherme aqui).

Morangos com Açucar IX. A nova edição estreia dia 12 e acompanha a rivalidade entre uma escola de moda e a escola de artes São Sebastião. O elenco é renovado, como já é habitual de série para série, e os novos actores já não são segredo. A promoção da nova série aposta em ideias inovadoras e próximas do público alvo, como por exemplo, perfis de Facebook geridos pelas personagens da série. (leia mais aqui)

Para continuar. A Tarde é Sua, apresentado por Fátima Lopes, trará novidades em Setembro. Uma delas será uma rubrica de José Castelo Branco em que o criativo será Quimbé. Também o programa Depois da Vida, guiado por Iva Domingues, com a médium Anne Guermain, terá a sua quinta temporada em que, nos moldes já habituais, contacta com o mundo para lá da vida.

Ficção Nacional. A TVI prepara uma nova novela que substituirá Anjo Meu. O seu nome será Doce Tentação e conta com actores como Mariana Monteiro, Miguel Guilherme, Gabriela Barros ou Carla Andrino. Este ano será particularmente pródigo em telefilmes para a TVI: estão anunciados cerca de 20, entre os quais A Intriga Fatal, protagonizado por Maria João Bastos (leia mais aqui); Regras dos 3, com Rui Unas; Amor SOS, com o desempenho de José Raposo e Vestida Para Casar, com Maria João Abreu.

Portal do Tempo. Uma mini-série juvenil com elenco não apenas infantil, mas também com actores reconhecidos como Marco D’Almeida, Dalila Carmo, Sofia Grilo, António Pedro Cerdeira, João Perry e Marcantónio del Carlo.