Ela é exigente, perfeccionista, determinada, teimosa, verdadeira, bem disposta e simples. Ela é apresentadora e actriz. Ela é Catarina Furtado.

A eterna “namoradinha de Portugal” tem um novo projecto entre mãos: A Voz De Portugal, o novo programa de caça talentos musicais da RTP1.  A Voz De Portugal junta-se assim ao longo rol de programas já apresentados por Catarina Furtado. Elaborar uma lista de todos os projectos de Catarina é tarefa difícil. TOP Mais, Chuva de Estrelas, Caça ao Tesouro, Operação Triunfo, Dança Comigo, A Minha Geração,  Dá-me Música, Quem Tramou o Peter Pan?  são apenas alguns programas mais conhecidos que contaram com a presença da apresentadora.

Nascida a 25 de Agosto de 1972, em pleno centro de Lisboa, Catarina Furtado cresceu com o sonho da dança e aos dez anos entrou no Conservatório Nacional. Teve uma infância feliz e uma juventude animada na qual aproveitou para se divertir a fazer o que mais gostava, dançar, sair com os amigos no Bairro Alto, entre outras coisas próprias de uma jovem da sua idade. A televisão nunca foi para si um fascínio, mesmo sendo filha do jornalista Joaquim Furtado.

O curso de dança na Escola de Dança do Conservatório de Lisboa foi concluído em 1990,  juntamente com o sonho de ser bailarina. Uma lesão na zona lombar traiu o sonho da jovem de 18 anos. Curiosamente, um ano antes da sua primeira experiência na televisão.

Impulsionada pelo pai, o CENJOR (Centro de Formação Profissional para Jornalistas) foi a paragem que se seguiu para Catarina, onde estudou jornalismo. Seguiu-se uma experiência na Correio da Manhã Rádio com Rui Pêgo e Margarida Pinto Correia e foi graças a Margarida que Catarina ingressou na televisão. Em 1991, na RTP, surge um programa dedicado à música para o qual Margarida é convidada, mas esta recusa e sugere Catarina para o casting. Foi assim que Catarina Furtado se estreou  na apresentação do programa TOP Mais.

O talento da jovem era visível e Francisco Pinto Balsemão não hesitou em contratá-la para o seu novo projeto televisivo. Uma nova estrela no entretenimento da SIC estava para nascer. E nasceu. O Chuva De Estrelas, um dos grandes sucessos da televisão nos anos 90, teve como anfitriã Catarina Furtado durante duas séries. Caça ao Tesouro foi o programa que se seguiu, no papel de co-apresentadora. E foi assim que Catarina se tornou a primeira grande figura de entretenimento da SIC. “Sou um fruto da SIC” afirmou a própria Catarina no aniversário dos dezoitos anos da estação.

Estava Catarina no auge da sua carreira como apresentadora, quando decidiu partir para Londres. Entre 1995 e 1997, Catarina Furtado frequentou a London Internacional School Of Acting. Quando regressa a Portugal, em 1997, para participar num filme de Fernando Fragata, Pesadelo Cor-de-Rosa, Catarina sente que Portugal já tinha saudades suas.

Depois de quatro anos de estadia em Londres, Catarina volta à televisão e à apresentação. Geração Fantástica e Pequenos e Terríveis foram os projectos por ela abraçados. No entanto, o alvoroço em volta deles ficou bastante aquém do esperado. Catarina Furtado, o grande trunfo da SIC, passa a ter projectos  mais modestos como Música do Mundo e Catarina.Com.

Encontra-se Catarina Furtado num período mais calmo da sua carreira de apresentadora, quando é convidada para Embaixadora das Nações Unidas Para as Crianças, no ano de 2001. “Quando sou embaixadora sinto-me porta-voz de quem não tem voz”, contou Catarina em entrevista ao Só Visto.

2003. Eis que chega o momento de Catarina Furtado regressar à casa em que se estreou. A RTP convida-a para apresentar a primeira edição de Operação Triunfo em Portugal. E porque o sucesso foi o esperado, Catarina apresentou ainda a segunda edição também. Os projectos no entretenimento sucederam-se: Dança Comigo, A Minha Geração, Música no Ar, Dá-me MúsicaQuem Tramou o Peter Pan?.

httpv://www.youtube.com/watch?v=2fl6Kxxiaqk

Na RTP, espaço houve também para Catarina se dedicar a projectos diferentes. Foi o caso de Príncipes do Nada (2009), um documentário que pretendia divulgar o trabalho desenvolvido por cidadãos portugueses empenhados em ajudar os mais desfavorecidos.  Um programa que contribuiu para o crescimento do carinho e admiração do público português por Catarina Furtado.

httpv://www.youtube.com/watch?v=s2Sry3_f0Io

A preparar A Voz De Portugal, a apresentadora tem encontrado caras de outros programas, nomeadamente, do Chuva de Estrelas e da Operação Triunfo. Esta nova aposta da RTP1  tem, segundo Catarina, uma enorme carga emotiva e a própria já se comoveu várias vezes. Mais um projecto a que Catarina Furtado dará o seu melhor e para o qual se encontra bastante entusiasmada e contente, como garantiu a apresentadora ao Sapo TV.

Hoje Catarina é mãe de duas crianças  e espera que, tal como ela, nunca tenham qualquer fascínio pela televisão.