A atuar no Museu de Arte Antiga, em Lisboa, o Clique escolheu os Couple Coffee como Concerto da Semana. A banda subirá ao palco no dia 8 de setembro, quinta-feira, e os bilhetes custam 8 euros.

A banda foi inicialmente composta por Luanda Cozetti e Norton Daiello, voz e baixo respetivamente, e ambos são brasileiros residentes em Portugal. Como tal, as suas influências prendem-se muito ao seu país de origem.

Puro, editado em 2005, no Rio de Janeiro, foi o álbum de estreia desta dupla. Para Portugal veio com o selo de Transformadores, chamando-se, assim, Puro (2005-Transformadores). A verdadeira essência do primeiro trabalho prende-se, sobretudo, com as diversas raízes que o projeto apresenta. Desde tendências brasileiras a portugueses, os Couple Coffee contaram com a participação de Gabriel Gomes, Jorge Palma, Sérgio Costa, Vitorino Salomé e JP Simões, acabando por colaborar com este último no seu álbum.


Em 2007 homenagearam o cantor português José Afonso com o álbum Co’as Tamanquinhas do Zeca!(2007-Transformadores) e foi a partir deste segundo projeto que a dupla passou de Couple Coffee a Couple Coffee & Band, com a integração de Ruca Rebordão, baixo e voz a percurssão, e de Sérgio Zurawski, na guitarra.

Young and Lovely, lançado em 2008, traduz-me no terceiro trabalho do grupo que fora gravado ao vivo na Musicbox e pretendem glorificar os 50 anos da bossa nova. Corcovado, Estrada Branca e Manhã de Carnaval são as únicas faixas deste álbum em que o quarteto não se apresenta no seu todo.

Sempre com um aroma brasileiro, em 2010 lançaram, então, o último álbum. Quarto Grão, deveria ter sido lançado no ano anterior. Mas, Bom Prazer, Sambinha Cliché e Canção em Rascunho são, hoje em dia, as músicas mais conhecidas do público e que fazem com que os Couple Coffee se sintam, então, na sua própria casa.

httpv://www.youtube.com/watch?v=u92Co7sLAnk&feature=player_embedded

+++Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico+++