A 5ª edição do CINEPORT – Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa, a realizar de 19 a 25 de Setembro em João Pessoa, no Brasil, conta com a participação de 16 filmes portugueses.

O festival é organizado pela Fundação Ormeo Junqueira Botelho, que actua em diversas frentes culturais e tem como objectivos “integrar o mercado cinematográfico dos países de língua portuguesa e promover os filmes realizados em português e dialectos falados nas nações africanas que formam a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP”, como revela o site oficial do evento.

Os prémios do festival dividem-se nas categorias Andorinha Criança, Prémio Energisa (exclusivo para filmes produzidos e realizados no estado da Paraíba por equipas aí sediadas) e Andorinha Digital. Este último faz ainda a distinção entre curtas e longas-metragens, distribuindo-se nas modalidades Animação, Ficção e Documentário.

Os filmes portugueses que vão competir na categoria de Animação são Viagem a Cabo Verde e Dodu – O Rapaz de Cartão, de José Miguel Ribeiro, A Única Vez, de Nuno Amorim, Os Olhos do Farol, de Pedro Serrazina, O Homem da Cabeça de Papelão, de Luís da Matta Almeida e Pedro Lino, O Sapateiro, de David Doutel e Vasco Sá, e Desassossego de Lorenzo Degl’Innocenti.

Para o prémio de Ficção concorrem João Figueiras, com Pickpocket, Jorge Cramez, com Na Escola, Pedro Sena Nunes, com Hope, Sérgio Graciano, com Assim, assim, …, Rodrigo Areias, com Golias, e Luís Alvarães e Luís Mário Lopes, com Direito.

A modalidade de Documentário inclui os filmes O Estrangeiro, de Ivo M. Ferreira, Angst, de Graça Castanheira, e 42,195 km, de Júlio Alves.

A primeira edição do CINEPORT realizou-se em 2005, na cidade de Cataguases, no Brasil.