A única biografia autorizada do co-fundador da Apple, Steve Jobs, vai chegar às livrarias nacionais em Novembro e terá o selo da editora Objectiva.

Steve Jobs, de 56 anos, anunciou na semana passada a demissão do cargo de presidente executivo da Apple, depois de ter estado de baixa desde Janeiro devido a um cancro do pâncreas. A notícia do afastamento do CEO da empresa responsável pelo desenvolvimento do iPhone e do iPod coincidiu com o anúncio do lançamento da única biografia autorizada de Steve Jobs, escrita pelo jornalista norte-americano Walter Isaacson.

O livro tem mais de 400 páginas e baseia-se em mais de 40 entrevistas que Isaacson fez a Jobs ao longo de dois anos, assim como em depoimentos de familiares, amigos e colegas de trabalho. Vai chegar às livrarias nacionais pela mão da Objectiva, em Novembro, o mesmo mês em que será publicado no resto do globo pela editora Simon & Schuster.

[Steven] Jobs representa o último ícone de invenção e imaginação aplicada”, refere a editora norte-americana, que considera a mente brilhante da Apple um exemplo de inovação, carácter e liderança. “Ele sabia que a melhor forma de criar valor no século XXI era ligar a criatividade à tecnologia“, conclui.

Por desvendar está apenas o título da biografia, tanto a nível nacional como internacional. Steve Jobs by Walter Isaacson é o título que aparece na página virtual da Simon & Schuster, mas que, por agora, ainda é provisório.