Estreou ontem no Teatro do Bairro, em Lisboa, a nova produção da Máquina Agradável – Associação Cultural, intitulada O Homem e o Urso.

 Segundo nota de imprensa, «as personagens do ensaio Sobre o Teatro De Marionetas de Heinrich Von Kleist, encontram-se em palco para o reviver. Actualizando-o ou actualizando-se, através dessa procura incessante de uma ordem no caos, de um caos na ordem, de uma mecanização natural, de uma afectação graciosa, de uma inocência consciente e de muitos outros paradoxos que definitivamente distinguem um Homem de um Urso.»

Com concepção e direcção de Lígia Soares e interpretações de Diogo Dória, Sílvia Pinto Coelho, João Machado e Pedro Núñez. A peça estará em cena, sempre pelas 21 horas, nos dias 25, 26, 27 e 31 de Agosto e 1 e 2 de Setembro, variando o custo dos bilhetes entre os 7 e os 10 euros.