A chuva costuma ser presságio de má sorte. Assim como a trovoada que se fez sentir em algumas zonas do país, nomeadamente no Norte, no domingo passado. Porém, como tanto se diz por aí, depois da tempestade vem a bonança. E assim foi: com o cancelamento de Canta Comigo em Braga devido às condições climatéricas, a TVI emitiu um especial Remédio – que foi – Santo.

Depois de dois domingos desastrosos para Queluz, foi com um imprevisto que a TVI garantiu o segundo lugar, só atrás do já imbatível Cabo/Outros. Remédio Santo, a primeira novela do horário nobre da TVI, entrou em cena num episódio especial para substituir Canta Comigo seguida de Sedução, a novela de Rui Vilhena que se encontra na reta final.

Com esta medida, Chamar a Música de João Manzarra desceu e situou-se nos 10.3% de rating e 29.7% de share, sendo ultrapassado pelos 11.9% de rating e 34.1% de share de Remédio Santo. O programa mais visto do dia foi o Jornal das 8 que, com os comentários do Professor Marcelo Rebelo de Sousa cada vez mais duradouros, arrecadou 11.9% de rating e 32% de share.

Mas a liderança da TVI – o canal mais visto do dia, visto que o Cabo/Outros são um conjunto de canais – com 27.1% de share total não se deveu apenas a este imprevisto, tendo o jogo do Sporting contra o Beira-Mar ajudado. A partida foi o terceiro programa mais visto do dia com 11.5% de rating e 41.6% de share, valores positivos em comparação com outros jogos emitidos pelas seis horas da tarde.

No daytime, foi a emissão das Festas da Senhora D’Agonia – conduzida por Manuel Luís Goucha e Iva Domingues – que se destacou, aumentando os valores que a estação de Queluz costuma fazer. Na SIC é de destacar o resultado desastroso do Fama Show que marcou 19.9% de share, um valor muito inferior ao habitual, perdendo até para o Só Visto da RTP1 que alcançou 23.4% de share. Nesse mesmo dia, destaque ainda para o jogo da Seleção de Sub-20 emitido na madrugada que atingiu 7.6% de rating e 74.2% de share, tomando assim o lugar de programa mais visto da RTP1.

Este panorama em nada se identifica com o visto em domingos passados, nos quais a televisão que já lidera as audiências televisivas durante sessenta meses chegou a ficar em quarto e terceiro lugar. Na estreia de Canta Comigo, o programa nem avistou o top5 dos programas mais vistos, sendo ultrapassado facilmente pelo segundo programa de Chamar a Música e pela partida de futebol da Supertaça Cândido de Oliveira.

Nesse domingo, dia 7 de agosto, a TVI atingiu 18.8% de share total, ficando em quarto lugar, só à frente da RTP2. Sete dias depois a história não foi muito diferente, apesar da visível melhoria do segundo programa do talent show que entrou no top, encabeçando o quinto lugar dos programas mais vistos do dia.

Um imprevisto salvou a TVI de somar mais uma derrota este fim de semana que passou, mas o próximo está já à porta e a guerra televisiva continua. Irá a estação empurrar o programa para mais tarde e colocar Remédio Santo como lead-in? Irá Canta Comigo passar para a tarde ou até para os sábados à noite? Ou ficará tudo na mesma? Uma questão a acompanhar nos próximos dias.

 *Este artigo foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.