O certame começa a  14 de Agosto e prolonga-se até ao dia 21 de Setembro. Jorge PalmaJames, AureaTony CarreiraPedro Abrunhosa são alguns dos nomes que actuarão na feira secular.Durante os 40 dias de feira haverá 270 expositores e várias actividades desportivas. A chamada Feira Franca completa este ano 619 anos de história.

Para além dos concertos (este ano fazem parte do cartaz artistas internacionais), dos habituais divertimentos e da restauração, a edição deste ano contará com o Teatro Mais Pequeno do Mundo, com encenação de Graeme Pulleyn – um conjunto de espectáculos curtos de teatro, música e dança que decorrerão numa roullote estacionada no recinto durante os 40 dias de feira.

Cartaz:
15 de Agosto (Segunda-Feira): Tony Carreira*
16 de Agosto (Terça-Feira): Mara Pedro (Preço: 2,5€)
19 de Agosto (Sexta-Feira): Idolomania (Preço: 2,5€)
20 de Agosto (Sábado): James (Preço: 5€)
21 de Agosto (Domingo): Aurea + Márcia (Preço: 2,5€)
22 de Agosto (Segunda-Feira): Banda Hi-Fi (Preço: 2,5€)
23 de Agosto (Terça-Feira): Miguel Gameiro & Miguel Ângelo (Preço: 2,5€)
27 de Agosto (Sábado): Pedro Abrunhosa (Preço: 2,5€)
2 de Setembro (Sexta-Feira): Jorge Palma*

7 de Setembro (Quarta-Feira):Birds Are Indie

3 de Setembro (Sábado): Orelha Negra + Makongo (Preço: 2,5€)
10 de Setembro (Sábado): Oquestrada + Os Pinto Ferreira 

11 de Setembro (Domingo): Quim Barreiros + Dulce Guimarães (Preço: 2,5€)
17 de Setembro (Sábado): Nouvelle Vague + Jim Dungo (Preço: 2,5€)

*Sem informações sobre o preço

No dia 21 de Agosto a Feira de S. Mateus vai ter um Festival Aéreo, a partir das 15h00, no Aeródromo Gonçalves Lobato, com acrobacias, paraquedismo, radiomodelismo, exposições, demonstração de páramotores e exibição da Patrulha Fantasma.

A inclusão dos James e dos Nouvelle Vague no cartaz de espectáculos visa internacionalizar o certame e diversificar públicos”, refere José Moreira, presidente da comissão executiva da Expovis, a entidade que organiza a Feira de S. Mateus, que este ano viu o seu orçamento aumentar para 800.000€ e que conta com três palcos: o principal ficará de costas para o centro histórico de Viseu e será transparente, a fim de não esconder a Sé Catedral de Viseu; num segundo palco actuarão bandas da região; haverá ainda o palco reservado a artistas convidados pela FNAC.

São esperados um milhão de visitantes.