O Google vai lançar a sua livraria digital até ao final deste ano, tal como tinha prometido quando lançou o Google eBooks, nos Estados Unidos, em Dezembro passado.

De acordo com o The New York Times, a empresa não divulgou nem os padrões nem os países em que vai lançar o seu novo projecto, porém segundo o jornal norte-americano o Google eBooks terá, brevemente, uma versão francesa.

A finalização do acordo entre o Google e a segunda maior editora mundial, a francesa Hachette Livre, foi concluído no passado dia 28 de Julho. Protegidos pelos direitos de autor, controlados pela editora europeia, o acordo circunda milhares de obras que não estão à venda, mas que, ainda assim, são protegidas pelos direitos de autor.

De acordo com o comunicado da Hachette Livre, será a editora a escolher quais as obras que o Google poderá digitalizar, e as que estarão disponíveis em formato digital para integrar o novo projecto.

No comunicado também se pode ler que Frédéric Mitterrand, ministro da Cultura francês, se mostrou visivelmente satisfeito por se continuar a respeitar os direitos de autor e dos editores e pediu a outros editores franceses que se encontrem em negociações com o Google para, também, fincarem projectos «equilibrados, baseados nos mesmos princípios».