Joss Stone (en)cantou ontem, na Praça do Comércio, com a sua simpatia, simplicidade e sorriso contagiantes.  A britânica, que foi cabeça de cartaz na abertura do Festival dos Oceanos, confessou “querer muito voltar [a Portugal]”.

Ainda antes da cantora de soul, os X-Wife estrearam o palco. Um som electrizante que pôs o público a dançar. No concerto, a banda do Porto apresentou várias canções do seu novo álbum, Infectious Affectional, lançado este ano. João Vieira, o vocalista, afirmou que “este é um dos nossos melhores concertos dos últimos tempos”.

Pelas 23 horas, entra em palco a cantora porque todos esperavam: Joss Stone, introduzida pelo seu trompetista, abriu o espectáculo com You Had Me, do álbum Mind, Body & Soul. Entre risos, histórias e umas chávenas de chá, que a cantora confessou adorar, houve tempo para apresentação de alguns novos temas do seu novo álbum LP1, lançado este mês.

Um dos momentos altos do concerto foi o já anunciado, dueto com Sara Tavares. A cantora portuguesa foi bastante aplaudida pelo público ao entrar em palco. Master Blaster, de Stevie Wonder, foi o tema interpretado por Joss Stone e Sara Tavares, que levou o púbico ao rubro.

A encerrar, a cantora apresentou os músicos e o seu coro, que tiveram direito, cada um, ao seu próprio solo, instrumental ou vocal. Após alguns minutos, a banda e a cantora voltam para mais algumas baladas. O final do espectáculo ficou marcado pela distribuição de flores brancas ao público, depois de Joss Stone chamar, de novo, Sara Tavares ao palco.

O Festival dos Oceanos decorre até 13 de Agosto. Concertos de fado, espectáculos sensoriais e museus à noite são algumas das iniciativas preparadas para esta edição.