Manoel de Oliveira prepara-se para rodar em Paris, a partir de Setembro, o seu novo filme O Gebo e a Sombra, numa adaptação da peça de teatro homónima de Raúl Brandão, escrita em 1923, feita pelo próprio realizador.

A nova película do realizador de 102 anos, segundo revelou à Lusa o produtor Luís Urbano, será rodada em língua francesa e contará com os actores gauleses Michel Piccoli e Ludivine Clerc, bem como com o português Ricardo Trêpa.

A co-produção luso-francesa, orçada em 1,6 milhões de euros, contará a história de Gebo, um cobrador e contabilista pessimista que sacrifica a honra para proteger o filho que o rouba.