É dia 7 de Agosto, em Buenos Aires, que será leiloada uma alegada cópia de um filme pornográfico que Marilyn Monroe terá feito, ainda como Norma Jeane Mortensen.

O filme terá sido gravado entre 1946 e 1947, tem cerca de seis minutos e, aquando da sua filmagem, Marilyn Monroe era ainda menor de idade. A curta-metragem possui cenas de masturbação e de sexo com um homem com a ainda jovem Marilyn. Há vozes, no entanto, discordantes em relação à identidade da actriz do filme, tornando ainda mais polémico o leilão do filme na Feira Internacional de Coleccionismo Cinematográfico.

Em 2001, foi já vendida uma versão da mesma curta-metragem por um dos responsáveis do leilão de dia sete, em Buenos Aires. Na feira, serão vendidos também posters, filmes originais, bandas sonoras e autógrafos de Marilyn Monroe.

O valor base da solicitação ronda os 500 mil dólares americanos, mas o organizador do evento espera que o valor de venda ultrapasse no mínimo o dobro da base de solicitação.

Décadas após a sua morte, a diva Marilyn Monroe continua a dar que falar por todo mundo.