O Espalha-Factos continua aqui a revisitar os filmes da saga Harry Potter.


HARRY POTTER E A ORDEM DA FÉNIX

Em Harry Potter e a Ordem da Fénix, o jovem feiticeiro regressa à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts depois de descobrir que Lord Voldmort está de volta. Contudo, a maioria dos feiticeiros não acredita no rapaz. Influenciados pelo Ministério da Magia e outras entidades mágicas, acham que tudo não passa de uma mentira inventada por Harry e Dumbledore.

No mesmo ano, o Ministro da Magia impõe à escola a presença da professora de Defesa Contra as Artes das Trevas, Dolores Umbridge. Mas as aulas de Umbridge não são suficientes para preparar os alunos de Hogwarts e Harry é encorajado por Ron e Hermione a encontrar-se em segredo com um grupo de estudantes para a prática de magia, o “Exército de Dumbledore”.

É ainda neste filme que Harry integra a Ordem da Fénix, uma organização de feiticeiros da confiança de Dumbledore, cuja missão é assegurar a protecção de Harry.

A data do lançamento nos cinemas nos EUA foi a 11 de Julho de 2007, enquanto que em Portugal estreou no dia seguinte, a 12 de Julho. Foi o quinta filme mais visto do ano de 2007, no nosso país, com uma bilheteira de € 2.033.461, que corresponde a 479.152 espectadores.

O filme foi bem aceite pela crítica, tendo sido nomeado para vários prémios. Venceu alguns deles, como por exemplo o National Movie Award da ITV nas categorias de Melhor Filme Familiar, Melhor Actor com Daniel Radcliffe e Melhor Actriz com Emma Watson.

Este foi o primeiro filme da saga dirigido por David Yates, que se manteve à frente do projecto até ao último filme. Recebeu a classificação de 7.3/10 no IMDb.

httpv://www.youtube.com/watch?v=-mrY33VVAlk

HARRY POTTER E O PRÍNCIPE MISTERIOSO

Nesta nova aventura do jovem feiticeiro, Voldemort está cada vez mais perigoso, tanto no «Mundo Muggle» quanto no «Mundo Mágico» e Hogwarts deixa de ser um lugar seguro. Harry suspeita de perigos que podem até estar dentro do castelo, mas Dumbledore tem as ideias voltadas para a batalha final, que este sabe que se está a aproximar. Juntos procuram uma forma de acabar com a defesa de Voldemort.

Enquanto este ambiente de tensão se desenvolve, os estudantes estão sob o ataque de um adversário muito diferente: as hormonas da juventude, que se espalham entre todos, fazendo o romance crescer.

É ainda neste ano que chega à escola um novo professor de poções, Horace Slughorn, e Dumbledore pede a Harry para que se aproxime dele. Assim, o jovem começa a assistir à aula de Poções. Como não possui o material necessário, Harry começa a usar um livro que um dia foi propriedade de alguém conhecido como o Príncipe Misterioso.

Graças a uma série de encantos e dicas escritas no livro, Harry torna-se o melhor aluno da turma e acaba por descobrir um grande segredo: Slughorn foi professor de Tom Riddle, que se viria a tornar Voldemort, e falou-me de um poderoso feitiço que permitia a imortalidade. Assim surge a maldição dos Horcruxes: Voldemort, obcecado pela imortalidade, dividiu sua alma em sete pedaços, divididos em Horcruxes.

A filme estreou nos cinemas nos EUA foi a 17 de Julho de 2009, enquanto que em Portugal estreou no dia seguinte, a 18 de Julho. Foi o sexto filme mais visto do ano de 2009, no nosso país, com uma bilheteira de € 1.985.895,17 e 434.514 espectadores. Apesar da receita do filme em terras lusas ter sido inferior à de Ordem da Fénix, este foi, a nível mundial, o filme mais bem sucedido nas bilheteiras desde A Pedra Filosofal.

O filme, mais uma vez realizado por David Yates, recebeu a classificação de 7.3/10 no IMDb e inúmeras nomeações para prémios em todo o mundo, tendo várias categorias em prémios como os Scream Awards, Teen Choice Awards, Golden Flip, BAFTA Awards ou MTV Movie Awards. Ganhou ainda um Oscar para Melhor Fotografia.

httpv://www.youtube.com/watch?v=N8uEKFs8Po4

HARRY POTTER E OS TALISMÃS DA MORTE – PARTE 1

A 18 de Novembro de 2010 chegou aos cinemas de todo o mundo a primeira parte do tão desejado capítulo final de Harry Potter – Harry Potter e os Talismãs da Morte, realizado por David Yates.

Depois da morte de Dumbledore, Harry, Ron e Hermione vão continuar o que este começou – descobrir e destruir os Horcruxes, o segredo da imortalidade de Voldemort. Com a aproximação do 17º aniversário de Harry Potter, a protecção que a casa dos seus tios oferecia irá acabar. É importante levar o jovem feiticeiro para um lugar seguro, onde o Senhor das Trevas não o possa encontrar, mas nem tudo corre bem. O mundo dos feiticeiros tornou-se perigoso e os três amigos têm de partir para onde ninguém os encontre.

Mas os inimigos aproximam-se e todos os aliados de Voldemort querem capturar Potter. No meio destes acontecimentos, os jovens descobrem a lenda dos talismãs da morte e começam a questionar-se se esta não será mesmo verdadeira.

Harry Potter e os Talismãs da Morte Parte 1 foi um dos filmes que alcançou as críticas mais positivas da saga. No site IMDb, conta com 7.7/10 de rating (tal como Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban). Nos Oscar, o filme esteve nomeado para Melhor Direcção Artística e Melhores Efeitos Visuais. No que diz respeito a outros prémios, foi vencedor do Empire Award, UK para Melhor Filme de Ficção Científica/ Fantasia e Tom Felton recebeu o MTV Movie Award para Melhor Vilão, tendo o filme recebido ainda outras nomeações. No que toca a números, em Portugal o filme arrecadou 1 918 452,26 euros e contou com 409 910 espectadores.

httpv://www.youtube.com/watch?v=rrHdRKjThHo

HARRY POTTER E OS TALISMÃS DA MORTE – PARTE 2

Resta o último filme desta saga mágica, que chegou esta semana aos cinemas nacionais. Durante a última década, Harry Potter acompanhou uma geração não só nas telas de cinema como também nos livros. O investimento sempre no último grito da tecnologia cinematográfica, a descoberta de actores que se tornariam referências mundiais, um universo mágico como não há paralelo, falas que se tornariam clássicos do cinema e que os fãs mais dedicados sabem na ponta da língua são algumas das características que ajudam a definir este fenómeno mundial. A saga não terminará. Que a plataforma 9 ¾ nunca desapareça.

httpv://www.youtube.com/watch?v=ZIFONHPjxKw&feature=channel_video_title

 

Por: André Pereira, Andreia Martins, Inês Moreira Santos, Wilson Ledo