O Museu Berardo faz 4 anos e pretende celebrá-los com o público, através de uma programação especial em que se alarga o espaço visitável ao terraço, e se adiam as horas de encerramento para as 24H00.

As actividades extraordinárias serão realizadas nas sextas, sábados e domingos de Julho e começam hoje com a abertura do terraço do piso 2, entre as 12H00 e as 24H00, onde haverá música, apresentações artísticas e ateliês para crianças. Este espaço será excepcionalmente complementado com um serviço de bar e esplanada.

A ideia do Museu Berardo é proporcionar um dia completo às famílias, em que se pode visitar descontraidamente as diversas exposições temporárias do momento (como a exposição antológica de Pedro Cabrita Reis) e ainda apreciar momentos musicais pelos diversos dj’s convidados, enquanto os mais novos são sensibilizados para a arte.

Há 4 anos atrás, fechava-se um acordo entre o Estado e Joe Berardo que permitia a exposição da sua colecção de arte contemporânea no Centro Cultural de Belém. 2,7 milhões de visitantes depois, o Museu prepara o seu 5º ano com um novo director, Pedro Lapa. É este o homem que, para além de estar, de momento, à frente do projecto, desenhou a nova exposição permanente com cerca de 250 peças da colecção do comendador e coleccionador madeirense. Esta é, para Pedro Lapa, antigo director do Museu do Chiado, a exposição que sempre almejou fazer e que só não concretizou antes por falta de espaço.