Foi aberta há um dia e conta já com 178 signatários, número em crescimento. Trata-se de uma petição que pretende sensibilizar o ICA à submissão da candidatura de José e Pilar à categoria de Melhor Filme Estrangeiro nos Óscares de 2012. O movimento tem por base a crença no potencial do documentário para inverter a tendência portuguesa de não conseguir nomeações nos prémios da Academia.

Desde 1980 que Portugal submete filmes para a categoria referida, mas estes nunca chegaram aos cinco nomeados efectivos. Este ano, José e Pilar vem alterar a fé neste facto: um movimento independente de admiradores do filme, iniciado por Tiago Ramos, do blog Split Screen, decidiu criar um blog, páginas de apoio nas redes sociais e uma petição online de apoio à história de José Saramago e da sua esposa Pilar del Rio para levar o filme às nomeações da 84ª cerimónia dos Óscares.

A escolha pertence ao ICA (Instituto do Cinema e Audiovisual), que deverá enviar, nos próximos meses, a candidatura de um filme português ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. O apoiantes do movimento José e Pilar aos Óscares acreditam que o filme seria a escolha mais adequada, com maiores possibilidades de estar entre os cinco filmes estrangeiros mais votados, não só pela sua qualidade, que defendem, mas também pelas críticas positivas que recebeu em Portugal e lá fora.

httpv://www.youtube.com/watch?v=LMFbp_t7h_A

Não se pretende avaliar a concorrência que o filme terá nem tão-pouco as escolhas dos anos anteriores. Olhemos para a forma como José e Pilar consegue criar empatia com os mais diversos tipos de público, dos adolescentes que o estudam, a todos os leitores que o admiram, a todos os que foram seus contemporâneos e, sobretudo, que mais se poderia argumentar se não que Saramago é uma das mais internacionais personagens que Portugal poderia apresentar?“, pode ler-se no texto da petição, que pode ser assinada aqui.

José e Pilar é um documentário realizado por Miguel Gonçalves Mendes sobre a vida do Nobel português José Saramago, um retrato do homem para lá dos livros e da sua relação com Pilar del Rio. O filme é co-produzido pela JumpCut, a O2 (de Fernando Meirelles) e a El Deseo (de Pedro Almodóvar), factor que os signatários da petição também realçam na influência que poderia ter na escolha da Academia.

Agora resta aguardar pela decisão do ICA e, acima de tudo, torcer para que o filme escolhido para representar Portugal nos Óscares do próximo ano consiga chegar ao top 5. Mais informação sobre a petição em causa pode ser encontrada no blog, no Facebook e no Twitter do movimento José e Pilar aos Óscares.