Dois são Reis, um vem da Rainha – no pódio da votação da New Musical Express para os melhores cantores de sempre, é a realeza que toma o trono para si, ainda que nenhum dos contemplados esteja vivo para poder celebrar. Numa lista com apenas duas mulheres, Elvis Presley, Freddie Mercury e Michael Jackson foram os três cantores mais votados no site da revista NME, num escrutínio renhido que ditou a vitória do Rei da Pop.

httpv://www.youtube.com/watch?v=HZBUb0ElnNY

Fosse a NME uma publicação americana e este seria o vencedor incontestado; no entanto, as ancas de Elvis Presley, apesar de agradarem aos britânicos, não chegam para lhe dar a vitória em terras de Sua Majestade. O Rei do Rock ‘N’ Roll, que aliou o talento para a música com o cinema, inaugura este pódio de mortes prematuras – Elvis morreu com 42 anos, após um período de rápida deterioração da sua saúde, ligada ao consumo de drogas. O seu impacto na cultura mundial é visível através do gigantesco culto à volta da sua figura, com milhares de imitadores e locais temáticos em sua honra.

httpv://www.youtube.com/watch?v=MKQZpjEu3O4

Lutou até ao fim, mas acabou por perder – tanto na vida como na votação da NME, Freddie Mercury acaba derrotado, ainda que ocupe um honroso segundo lugar. Farrokh Bulsara, o seu verdadeiro nome, foi um dos maiores símbolos da música da segunda metade do século XX, não só pelos seus extraordinários vocais, que glorificaram não só uma carreira a solo como com os Queen, mas também pela sua vida repleta de excessos, que acabaram por tirar-lhe a vida cedo demais. Freddie Mercury morreu em 1991, vítima do vírus da SIDA, depois de uma carreira que lhe permitiu encher o estádio de Wembley, cantar com Montserrat Caballé e vestir licra muito justa. Vale-lhe o segundo lugar na votação da NME.

httpv://www.youtube.com/watch?v=Ym0hZG-zNOk

Apesar de não ter estado a liderar a votação desde o início, Michael Jackson acabou por superar a forte concorrência e ser eleito pelos internautas como o melhor cantor de sempre. Jackson, que iniciou a carreira nos anos 70, com os Jackson 5, sofreu uma gigantesca explosão de popularidade durante a década de 80, principalmente com o álbum Thriller, de 1982, que entre 9 canções, teve 7 singles, lançados durante um ano e meio. Ainda assim, a sua carreira foi muitas vezes ofuscada por aspectos da sua vida privada, como as operações plásticas ou as acusações de pedofilia, golpeando fortemente a popularidade atingida através da música. No entanto, a sua morte inesperada em 2009 acabou por ter um efeito de purificação, levando Jackson de novo aos tops e imortalizando-o como um dos melhores artistas de sempre. A prova está dada – o Rei da Pop foi 1º.

 

A lista completa pelos votantes da NME:

1º – Michael Jackson

2º – Freddie Mercury

3º – Elvis Presley

4º – Axl Rose

5º – John Lennon

6º – David Bowie

7º – Robert Plant

8º – Paul McCartney

9º – Stevie Wonder

10º – Aretha Franklin

11º – Matt Bellamy

12º – Ray Charles

13º – Bob Marley

14º – Jim Morrison

15º – Elton John

16º – Kurt Cobain

17º – Mick Jagger

18º – Steven Tyler

19º – Marvin Gaye

20º – Tina Turner