A segunda edição do Refresh: Arts & Music Festival chega já no dia 22 de Julho ao concelho de Oliveira do Hospital, no nordeste do distrito de Coimbra. O evento ambiciona juntar a música electrónica a um ambiente natural onde se apelará à ecologia, às energias renováveis e ao desenvolvimento sustentável como garante de uma melhor qualidade de vida e parte integrante de uma “atmosfera natural de festa“.

O cartaz final já está anunciado e aposta, logo para a primeira noite, num dos nomes mais aguardados do ano e já ausentes dos palcos portugueses há alguns anos – Extrawelt. A dupla alemã irá mostrar, ao vivo, o porquê de, segundo a organização, serem considerados “dois dos melhores produtores musicais do mundo“.

O último disco, Schone Neue Extrawelt atingiu o sucesso global, tendo sido eleito pelos leitores da Groove e da Raveline como o “melhor do ano“. No ambiente trancy do qual são inseparáveis passearão por várias sonoridades, desde o house progressivo ao electro, do tech-house até ao minimal. Ainda no cartaz desta primeira noite teremos o norte-americano Billy Dalessandro, também em formato live, a apresentar o novo trabalho, e os nacionais ExpanderFreshkitosManuSam UDouble Reaktion.

httpv://www.youtube.com/watch?v=EeUTThuBOdE

No sábado, dia 23, iniciar-se-à com Bloop Showcase, pelos artistas nacionais Magazino e José Belo, que prometem um “início de noite inesquecível“. Mas a aposta nos nomes internacionais continuará, com o americano Ambivalent, uma revelação da Minus, e ainda Alan Fitzpatrick, o ícone britânico. Da França estarão Da Fresh e DJ Tonio, com o primeiro a fazer a sua estreia em território nacional. Para encerrar, os portugueses Midinoize, Glove e Joel Campos.

A encerrar, no dia 24, os já conhecidos Popof e D-Nox. Mas não só de consagradas estrelas se fará o cartaz desta última noite. Estreará em Portugal Julian Jeweil, o francês por detrás de Air Conditionne, Polaroid e Tournicouti e a fazer as honras do fecho, haverá ainda espaço para actuações do espanhol Carlos Chaparro e dos nacionais Pena, Kaesar, Rui Estevão da Antena 3, Dani The Menace (Menog), Dig & Nuno Carneiro e Ricardo Ferreira.

Combinando o talento nacional e as estrelas de todo o planeta num espaço de ruralidade deixado intacto no seio da natureza, o Refresh promete “a mais evoluída música electrónica” no seu Dancefloor e ainda um Tropical Bar que durante o dia se deixará invadir por sonoridades dub, house, funky, dubstep, deep e tech.

Para conhecer todas as actividades, poderá ser visitado o site oficial, com os bilhetes à venda em todo o país, na Ticketline.pt, na Fnac, Worten, El Corte Inglés, Centros Comerciais Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Agências Abreu e Megarede. Durante a pré-venda o passe de 3 dias custa 35 euros, o de 2 (23 e 24) custa 25, incluindo ambos campismo. Na porta os bilhetes diários serão a 20 euros e mediante disponibilidade.