Como já era esperado, a Nintendo apresentou no Electronic Entertainment Expo (E32011) a sucessora da Wii. Até agora conhecida como Project Café, a Wii U apresenta um comando inovador, com um ecrã táctil incluído e encontrar-se-à nas lojas no próximo ano.

Há muito que o E3, que se realiza anualmente em Los Angeles, se assumiu como a maior feira internacional de videojogos, onde os principais produtores apresentam os seus novos projectos. Se bem que tanto as conferências da Microsoft (Xbox 360) como da Sony (PlayStation 3 e PSP) fossem aguardadas neste evento, os olhares mais atentos iam para a Nintendo (Wii e 3DS), que se preparava para apresentar a sucessora da Wii, até agora chamada de Project Café.

A partir de agora fica conhecida como Wii U e mostra, mais uma vez, a aposta do gigante japonês num público mais abrangente, transformando a consola num objecto para toda a família, como fez com a Wii.

A principal mudança deste novo dispositivo é o comando, que passa a ter um ecrã táctil de 6.2 polegadas. Embora possua um ecrã, o objectivo da Big N não é o seu uso independente da televisão, mas a possibilidade do jogador usar os dois e tirar partido desta articulação. No entanto, será possível jogar com a televisão desligada, desde que a consola esteja ligada, sendo que esta envia os dados em streaming para o comando. O comando possui ainda um acelerómetro, um giroscópio, microfone, saídas de som e uma câmara frontal, o que deverá permitir a realização de videochamadas através da Wii U.

httpv://www.youtube.com/watch?v=4e3qaPg_keg

Durante a apresentação da Wii U, Satoru Iwata, presidente da Nintendo, focou-se principalmente no comando, sendo poucas as informações existentes sobre a consola em si. Sabe-se, no entanto, que terá um processador multi-core da IBM, Bluetooth, conexão Wi-fi e possibilitará a ligação a um disco rígido externo. A nova consola será compatível com todos os periféricos da Wii, incluido a balança do Wii Fit (Wii Balance Board) e o comando Wiimote.

O software da Wii U chegará através de um formato próprio, intitulado iDensity, sendo um disco com cerca de 12 centímetros. Esta decisão da Nintendo em produzir os seus jogos num formato próprio poderá ser uma forma de combater a pirataria, mas também uma maneira de evitar o pagamento à Sony dos direitos de utilização do Blu-Ray.

Para além de apresentar a Wii U, que deverá encontrar-se nas lojas em 2012, a Nintendo apresentou novos jogos para a Wii e a 3DS. O repertório da primeira portátil a permitir a funcionalidade 3D sem óculos será enriquecido com novos jogos, nomeadamente Mario Kart, Luigi’s Mansion 2, Metal Gear Solid: Snake Eater e Mickael Jackson: The Experience.

Por sua vez, chegará à Wii a nova sequela de Zelda. Intitulado The Legend of Zelda: Skyward Sword, o novo jogo de uma das sagas mais bem sucedidas da Nintendo deverá encontrar-se nas lojas ainda este ano. Mario & Sonic nos Jogos Olímpicos de Londres, Mario Party 9 e Rayman Origins são outros jogos que deverão enriquecer o leque da Wii, antes da chegada da Wii U.