Ninguém pode negar que há pormenores que fazem toda a diferença e o visual masculino não foge a esta quase lei mundial. Por mais que estejamos extremamente bem vestidos, a falta de um acessório pode ser catastrófica. O mesmo se aplica a conjuntos que em princípio não teriam nada de especial, mas que com o acessório certo ganham toda uma essência que é difícil tomar com precisão o sítio de onde ela vem.

Os acessórios são poderosos objectos de styling e uma aposta cada vez maior da indústria da moda. Mas as peças que podem abrilhantar um conjunto têm de ser usadas com conta em medida. Como em quase tudo na vida, o equilíbrio é a chave para o sucesso.

Esta Primavera – Verão os acessórios estão na moda, cheios de saúde e recomendam-se. O Espalha-Factos dá-te a chave para não passares despercebido e encontrares o teu brilho especial.

Antes de mais, e para os mais distraídos, as tendências desta estação são variadas e os estilos mais do que muitos, desde o navy ao viajante, passando pelo cowboy e pelo rocker. As riscas são o grande destaque da colecção masculina, contudo os lisos e os padrões em xadrez, geométricos e os estampados não deixam de marcar a sua presença.

Azul, vermelho, branco, verde, laranja, rosa claro, cinza claro, castanho, bege e outros tons terra são as cores que mais irás encontrar se decidires ir passar uma tarde às compras no shopping (sim, os homens também vão às compras).

E os acessórios não deixam de seguir as tendências – mãe da moda masculina, surgindo com uma diversidade e características tão próprias que são capazes de deixar agarrados a si mesmo aqueles que nunca pensaram sequer na possibilidade recôndita de usar acessórios no dia-a-dia.

Cada vez mais sentimos necessidade de levar a casa às costas: são os gadgets, a carteira, as chaves, a roupa para o ginásio, um bloco de notas para qualquer eventualidade. Mas não te preocupes com a forma como vais transportá-las (quer dizer, preocupa-te porque a escolha é imensa). Nesta estação, as malas vão do XS ao XXL, de acordo com as nossas necessidades. Desde a pasta a tiracolo, passando pela mochila, aos sacos de desporto e malas de viagem, todos nós temos opções de escolha. As grandes tendências são o uso dos tons terra, da pele e do cabedal, na maior parte dos casos em texturas lisas que optam pela simplicidade.

E das malas passamos para os lenços. A verdade é que com o calor a tendência natural é a de arrumar qualquer tecido que possa ter estado a cobrir o nosso pescoço nos tempos de frio. Ainda assim, cada vez mais se aposta em lenços de tecidos leves e frescos. Há dias em que, apesar do sol, o frio tende a marcar a sua presença e se torna necessária uma protecção extra. Em xadrez, estampados, às riscas, com gradações de cores, o nosso conselho é que os use nas saídas à noite, que tendem a ser mais frescas que os próprios dias.

Uma das grandes novidades, que vem contribuir para destacar a moda dos blasers tanto em visuais mais formais como mais casuais, nesta estação são os pockets squares, também conhecidos na gíria como lenços para os bolsos do casaco. Anteriormente utilizados como lenços de assoo, eles agora impõem-se como acessório de moda capaz de dar o brilho especial ao seu conjunto. Mesmo em conjuntos um tanto ou quanto mais sóbrios, não hesites em colocar um lenço com um padrão mais extravagante para dar aquele toque especial que te diferenciará de todos os outros.

Verão é tempo de calor. Calor é sinónimo de sol. Sol é sinónimo de óculos de sol. Presença previsível por esta altura, os óculos de sol deixaram de servir apenas para proteger os nossos olhos dos raios solares. Eles são agora um objecto com um estatuto próprio: o estatuto de nos levar de simples homens no meio da multidão para o estatuto de homem com mais estilo das redondezas.

As tendências parecem persistir do último Verão a este nível com os óculos estilo Ray Ban a destacaram-se tanto no modelo de aviador como nos modelos de massa. Redondos ou em formato rectangular, de preferência com lentes escuras ou castanhas. Não tenhas medo e sê original neste aspecto, isto claro sempre tendo em conta o conjunto em que os inseres, apostando em cores forte. Aproveita ainda os óculos de sol vintage do teu pai ou avô que estão guardados no baú e dá-lhes uma nova vida.

E passamos dos óculos à bijuteria masculina, não que esta palavra nos agrade muito pois faz-nos lembrar de coisas à partida sem valor, quando na verdade a colecção de acessórios a este nível é bastante rica. Nesta Primavera – Verão, arrisca nas pulseiras e nos cordões feitos de metal ou pele, fazendo combinações múltiplas e usando-os em série. Queres ser ainda mais diferente? O nosso conselho é que apostes nos pins (não em demasia). Já há inclusive estabelecimentos e sites especializados no assunto. Expressa sentimentos, estados de espírito, as frases engraçadas ou parvas que tanta adoras ouvir ou dizer: sê tu próprio.

Uma das outras surpresas da colecção são os suspensórios, que reflectem as tendências da estação e prometem dar um toque mais divertido aos teus conjuntos, sejam eles casuais ou formais. E já que estamos nesta onda entre o formal e o casual, aproveitamos para falar das gravatas. Mais uma vez elas seguem as tendências ao nível dos padrões que são nelas utilizados, contudo o grande destaque vai para as gravatas com riscas e ponta cortada a direito, que contribuem para criar looks mais descontraídos. Os laços, embora não tão frequentes, também podem ser utilizados.

E se os cintos parecem ter sido feitos para andar escondidos, tal ideia é desfeita neste Verão. Já que vamos usar cinto, vamos usá-lo como um acessório tão válido como outro e mostrá-lo ao mundo. Os cintos querem-se em pele castanha, num padrão entrançado e com ar usado. As riscas e o xadrez também marcam presente em alguns deles, confirmando mais uma vez que as tendências na moda são gerais.

Úteis e com estilo, assim se querem os relógios. O nosso conselho nesta estação, e devido ao calor que se vai fazer sentir, é que optes por relógios mais pequenos e simples. Há até relógios que são inseridos em pulseiras, numa espécie de 2 em 1. Ainda assim, tem a preocupação de que seja resistente à água, não vás esquecer-te dele quando fores dar um mergulho.

E o calor por vezes é tamanho que se torna preciso proteger a nossa cabeça, e para isso nada do que os tradicionais bonés e chapéus, que nos visitam por esta altura. Se visitares as tuas lojas do costume, certamente vais encontrar uma parte dedicada a eles.

Com tanta variedade e adoptando eles papéis tão importantes, será justo chamá-los acessórios? Não terão eles um papel mais importante? Questões linguísticas à parte, o que é realmente importante é que te sintas bem contigo próprio. Se a moda ajudar a conseguir tal objectivo, tanto melhor.

Aproveita a Primavera e o Verão e diverte-te, porque o verdadeiramente essencial somos nós.