A 8ª edição do festival de cinema IndieLisboa começou na noite passada e prolongar-se-á até ao próximo dia 15 de Maio. Na abertura, Carlos, de Olivier Assayas, e Les Amours Imaginaires, de Xavier Dolan, foram os filmes em destaque.

Longas e curtas metragens, nacionais e internacionais, sessões Indiejúnior e outras actividades irão animar os próximos dias da capital, distribuindo-se nas quatro salas do festival: cinema São Jorge, Culturgest, Teatro do Bairro e Cinemateca. Esta última apenas passará os filmes do herói independente deste ano, o realizador brasileiro Júlio Bressane.

É também no Teatro do Bairro que terão lugar, quase em todas as noites do evento, as festas do Indie By Night, a que se junta ainda o Musicbox e a discoteca Lux (que receberá a festa oficial). As Lisbon Talks Universidade Lusófona são outra das atracções deste festival. As conversas diárias terão lugar de 8 a 13 de Maio, na sala 2 do cinema São Jorge, às 17h30.

A Videoteca Samsung , situada na Culturgest, terá disponíveis vários postos de visionamento com todos os filmes recebidos pelo IndieLisboa durante o processo de selecção e é de acesso livre ao público. Funcionará todos os dias, de 6 a 14 de Maio, entre as 14h30 e as 20h30.

Para mais informações sobre o festival de cinema IndieLisboa, pode consultar o site oficial do evento.

Inês Moreira Santos