Quando pensa em Itália do que se lembra? Da pasta, dos canais de Veneza, das pinturas que fazem as delícias de quem as visita… E claro, de cinema.

A 4ª edição da 8 ½ Festa do Cinema Italiano vai percorrer Portugal: Lisboa, Coimbra, Porto e, pela primeira vez, Funchal, foram as cidades escolhidas para tela desta festa que pretende divulgar a grande variedade que a indústria cinematográfica italiana, uma das mais importantes do mundo, tem produzido.

O género comédia, um dos mais apreciados pelo público italiano, foi o escolhido para figurar nos 25 filmes, grande parte deles antestreias, e outros formatos como documentários, curtas-metragens e videoclips que este ciclo cinematográfico vai apresentar. A escolha do género prende-se com a grande quantidade de produções e da sua importância na reflexão sobre a sociedade italiana através do humor e da sátira.

A Festa do Cinema Italiano organiza o Prémio 8 ½, em que de entre uma lista de sete filmes procura escolher o melhor de 2010 feito em Itália. Bernardo Sassetti e Filipe Melo serão os jurados deste concurso escolhendo entre Pietro (de Daniele Gaglianone), La Pecora Nera (de Ascanio Celestini), Una Vita Tranquilla (de Claudio Cupellini), Ad Ogni Costo (de Davide Alfonsi e Denis Malagnino), Et in Terra Pax (de Matteo Botrugno e Daniele Coluccini), Notizie Degli Scavi (de Emidio Greco) e Hai Paura Del Buio (de Massimo Coppola).

O filme escolhido para a abertura da 8 ½ Festa do Cinema Italiano foi La Prima Cosa Bella, de Paolo Virzì, candidato italiano para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

A ligação do cinema à música não é esquecida nesta edição, onde se vão mostrar alguns dos videoclips de artistas italianos que mais têm agitado tanto a cena musical como a cena cinematográfica. A edição conta ainda com sessões especiais dedicadas à ZeLIG, uma conceituada escola de cinema documental de Itália, e à Fabrica, um dinâmico pólo criativo da cena cinematográfica italiana e internacional.

Na Cinemateca Portuguesa, convida-se o espectador a uma retrospectiva do cinema de comédia italiano, revisitando os clássicos do género.

A 8 ½ Festa do Cinema Italiano, que conta com a actriz Catarina Wallenstein como rosto, depois de passar por Lisboa entre 14 e 21 de Abril no Cinema Medeia Monumental e Nimas e na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, segue rumo a Coimbra onde estará no Teatro Académico Gil Vicente entre 27 e 29 de Abril e Porto entre 29 de Abril e 1 de Maio na Fundação Serralves. Depois desta viagem para norte, a Festa apanha o avião e vai até ao Funchal, fixando-se no Teatro Municipal Baltazar Dias entre 5 e 8 de Maio. Poderá acompanhar a programação no site oficial, aqui.

Os bilhetes para as sessões variam entre os 2,5 e os 3,5 euros.