A 8ª edição do festival de cinema IndieLisboa estará de volta de 5 a 15 de Maio, mas com menos 500 mil euros (cerca de menos de um terço) que a edição anterior, o que obrigou a um corte na programação. Agora, apenas com 1,1 milhões de euros de verba, o IndieLisboa não contará nesta edição com as Lisbon Screenings e as extensões internacionais que aconteciam ao longo do ano, após o encerramento do festival.

Este é o “ano mais difícil” para o IndieLisboa, reconheceu a organização, numa conferência de imprensa no Palácio Galveias, em Lisboa. A diminuição dos apoios levou a “ajustes na programação e nas salas”. Nesta edição, as sessões terão lugar no Cinema São Jorge, na Culturgest, no recém criado Teatro do Bairro e ainda na Cinemateca (graças a uma parceria “muito desejada” pela organização).

A programação do festival de cinema IndieLisboa já foi divulgada e pode ser encontrada AQUI. No dia 5 de Maio, os filmes Carlos, de Olivier Assayas, e Les Amours Imaginaires, de Xavier Dolan, inaugurarão o evento.

Inês Moreira Santos