O duo que vai representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, na Alemanha, fez questão de se despedir de José Sócrates, que «tem mais encanto na hora da despedida».

Após terem feito uma música para o escritor e jornalista Miguel Sousa Tavares, o grupo português não poderia ficar indiferente à demissão de José Sócrates: «Camaradas pá, os Homens da Luta não têm palavras para descrever um momento tão triste para a luta, pá… por isso fizeram-no através de uma canção… ‘Zé Socras’».

O grupo arranjou uma forma inteligente e original de se despedir do Primeiro-Ministro demissionário, ao utilizar uma canção tão bem conhecida dos portugueses como a Balada da Despedida. O fado de Coimbra, serve assim de inspiração para a música dedicada a Sócrates que pediu ontem ao Presidente da República, Cavaco Silva, para rescindir das suas responsabilidades políticas.

httpv://www.youtube.com/watch?v=Fe2W7GQpvYc