Os Azeitonas

Os Azeitonas: há DVD em Abril

O desenvolvimento tecnológico do séc. XXI e a internet acessível a quase todos trouxeram vantagens incalculáveis às nossas vidas. E prejuízos também, ainda que o saldo seja claramente positivo.

Já a grande parte das editoras de música, por outro lado, não tem motivos para sorrir: a partilha de ficheiros de música encontra-se à distância de um simples clique e as vendas de álbuns originais têm decrescido vertiginosamente. A pirataria é socialmente aceite e os tentáculos das redes de downloads ilícitos superam qualquer tentativa de controlo.

A realidade dificilmente se alterará, mas pode ser contornada. É o chamado “torna um obstáculo numa oportunidade”. Em 2009, Os Azeitonas arriscaram e têm colhido os saborosos frutos da ousadia.

O álbum Salão América, o terceiro da banda (depois de Um tanto ou quanto atarantado (2003) e Rádio Alegria (2007))  não tem existência física (e não se sabe se alguma vez terá), mas é disponibilizado de forma gratuita e totalmente legal através da internet. Conta já com 10 faixas, que rapidamente se alastraram pelas redes sociais, listas de reprodução e vozes de grande parte dos portugueses.

O lucro que a banda não obteve com a venda do álbum (pese embora os donativos que podem ser feitos no site) surge em dose tripla com a quantidade de concertos dados, possível através da exposição mediática que colocou a banda portuense em destaque no panorama da música nacional.

O concerto de encerramento da tournée de 2010 foi “em casa”, no Teatro Sá da Bandeira, a 15 de Dezembro e teve Rui Veloso como grande convidado. O concerto foi gravado (com a ajuda de muitos fãs, que respoderam ao apelo da banda e levaram as suas câmaras) e o DVD oficial desta noite memorável (sim, eu estive lá) tem lançamento marcado para meados de Abril. Já está disponível no Youtube um excerto do que aí vem: é a Anda comigo ver os aviões, música que (dizem Os Azeitonas) não passa nas rádios, mas o que é certo é que é difícil encontrar quem não a conheça. A consonância entre a banda e o público é evidente, mas o que impressionou foi o impacto instantâneo que o vídeo teve no Facebook. Em apenas dois dias o vídeo tinha já sido partilhado por mais de 1500 utilizadores e espalhou-se como um vírus (de facto, assemelha-se a um vírus, pois torna-se difícil “livrarmo-nos” dela, mas por bons motivos).

httpv://www.youtube.com/watch?v=wF7m5M3qaIs

A originalidade de Miguel AJ, Marlon, Nena e Salsa já tinha resultado numa ideia original em 2008, quando lançaram um livro com oferta de CD (o IVA sobre os livros era, na altura, de 5%, ao passo que sobre CD’s de música era de 20%) em vez de venderem o Rádio Alegria como um álbum, o que seria de esperar. No livro constavam, quase exclusivamente, as letras das músicas. E aí reside a piada.

Foi com esse álbum, do qual sobressai o êxito Quem és tu, miúda, que a banda consolidou o seu talento. Continua, com Salão América, a compor hinos à alegria, letras muito bem trabalhadas e com uma atitude incrível em palco, que poderão constatar no DVD Em boa companhia eu vou.

Omar Rodriguez-López (Mars Volta) e John Frusciante (ex-Red Hot Chili Peppers) num projecto conjunto ou Coldplay são exemplos das cada vez mais bandas e artistas que beneficiam com esta estratégia, ao não encararem a internet como um adversário. O futuro da divulgação de música poderá passar pela partilha gratuita. A qualidade será, creio, sempre recompensada.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Rodrigo Guedes de Carvalho SIC
Março. Rodrigo Guedes de Carvalho e Ricardo Araújo Pereira dominam top de audiências