Há alguns dias, Trent Reznor encheu muitos corações de alegria ao anunciar que iria, de facto, participar na banda-sonora do filme Abraham Lincoln: Vampire Hunter, produzido por Tim Burton. Mas ao que parece, o anúncio foi precipitado: num post no fórum oficial dos Nine Inch Nails, Reznor explica que confirmou a sua colaboração devido à pressão mediática que essa possibilidade estava a ter, mas ainda não tinha uma decisão clara. Com os rumores de algumas mudanças no projecto, o ex-vocalista dos Nine Inch Nails acabou por não aceitar o convite, desejando, contudo, “tudo de bom para o filme“.

Não é a primeira vez que Reznor dá o dito por não dito. Em 2009, pouco antes do concerto no Festival Paredes de Coura, anunciou que os Nine Inch Nails não voltariam a tocar ao vivo, e a longa ausência de notícias sobre a banda fez pensar que já não haveria mais material a lançar. Mas esta semana, Trent Reznor fez questão de afirmar que “os Nine Inch Nails não estão mortos” e que é neles que pretende focar-se de seguida.

Reznor acrescentou ainda que a mini-série da HBO sobre o álbum dos NIN, Year Zero, irá mesmo avançar, e que está bastante empenhado no seu argumento.