O Espalha-Factos apresenta-te as personagens e as primeiras fotos desta produção escrita por Maria João Mira e André Ramalho. Anjo Meu estreia no Domingo, dia 20, logo após o Jornal NacionalA nova aposta da TVI na ficção nacional começa nos anos 7o mas a maior parte da trama irá centrar-se na década seguinte. Anjo Meu revisita o Portugal dos anos 80 e a sua relação com o resto do mundo.


Esta história tem início em 1974, na altura em que os Rebelo da Cunha se vêm obrigados a fugir do país, quando Geraldo (João Reis), o patriarca da família, corre o risco de ser preso. Passada entre a cosmopolita Nova Iorque e uma pequena vila do Alentejo, a novela assume-se como diferente e complexa

.

PERSONAGENS

Geraldo Rebelo da Cunha (João Reis) é um homem conservador, orgulhoso dos seus valores e que se irrita facilmente. Está muito ligado ao passado e defende aquilo em que acredita. É um homem solitário e só quem é afectuoso para com ele pode mudar isso.

A filha de Geraldo, Eva (Sara Matos) nasceu em Lisboa, é sua filha única e teve uma educação conservadora, em colégios internos e pouco conviveu com o pai. Nos EUA, Eva aceita o emprego numa Escola de Belas Artes, onde irá ter de pousar para os artistas.

Joana Rita Saraiva  (Alexandra Lencastre) é viúva e nasceu na herdade da Tamargueira onde os pais trabalhavam. Teve dois filhos, Matias e Henrique e na época do 25 de Abril era governanta de Geraldo. Dez anos depois, quando Geraldo regressa para Portugal, é patroa e uma figura importante na Vila do Anjo, prestes a disputar as eleições à Câmara Municipal.

Matias (Pedro Teixeira), é filho de Joana. É leal, generoso e detesta a hipocrisia e a mentira. Não perdoa a traição. Quando erra, não tem vergonha de o admitir. Irá viver um amor com Eva, sem a rapariga saber que ele é filho de Joana Rita. Henrique Saraiva (Victor Emanuel) é seu irmão e é o filho mais novo de Joana Rita e Alípio Saraiva. É casado com Gracinha (Helena Costa), que nasceu e cresceu em Lisboa, numa família numerosa e com poucas posses. Desde cedo aprendeu a lutar a pulso para conquistar um lugar ao sol.

Zé Cabrita (Nuno Gil) nunca conheceu os pais. Joana Rita trouxe-o do orfanato e deu-lhe casa, educação e afecto maternal. É invulgarmente inteligente e perspicaz. Foi o primeiro na Escola e no curso de Direito. Já Gabriel (Pedro Laginha) é enólogo e filho de uma família abastada. Perdeu a família e a noiva. Tornar-se-á no melhor amigo de Matias, sem saber que ele poderá ter sido o responsável pelo seu infortúnio.

Rogério Girão (Paulo Pires) é médico e Presidente da Câmara de Vila do Anjo. Nasceu no Alentejo. A mãe, Rosa (Estrela Novais), trabalhava na herdade da Tamargueira. É marido de Madalena (Manuela Couto), uma mulher com personalidade forte, magnética e dominadora. Tem alguma arrogância em relação aos mais fracos e tem valores conservadores. Matilde Girão (Rita Brutt) é filha de Rogério, enteada de Madalena. Nasceu em Lisboa mas cresceu na Vila do Anjo. Estudou enfermagem e trabalha na clínica do pai. Cresceu entre o afecto de Rogério e as agressões de Madalena.

Teresa Girão (Joana Duarte) é filha de Rogério e Madalena. Foi sufocada pela personalidade dominadora da mãe. Quando terminou o secundário, foi estudar artes plásticas para Nova Iorque. Está agora a acabar o curso e vai voltar para Portugal com o namorado, Duarte (Francisco Côrte-Real), filho de emigrantes portugueses nos EUA que nasceu e cresceu em Newark. Duarte é artista plástico e faz trabalhos de olaria.

Vera Calado (Sandra Faleiro)  dedica muito tempo à casa e aos filhos. A irmã mais velha é o seu modelo, gostaria de ser forte e controladora como ela. Rui Calado (Luís Gaspar) é seu marido. É um médico ginecologista, sócio de Rogério no consultório em Vila do Anjo. É um bonacheirão que está de bem com a vida e com os outros. Tem uma relação de grande cumplicidade com  os filhos, Simão (Alexandre Jorge) e Isabel (Rita Alves).

O padre Teodoro (Miguel Monteiro) nasceu em Angola e é filho de colonos. Trabalhava com o pai no comércio de café. Depois da descolonização, o negócio afundou e Alberto aproveitou o desaparecimento do verdadeiro Padre Teodoro para usurpar a sua identidade.




Avelina Vicente (Márcia Breia) é reformada rural, quase analfabeta mas “esperta que nem um alho”. Trabalhou toda a vida no campo.

Felicidade Sardinha (Cristina H. de Mello) é empregada na casa de Joana Rita. Pouco estudou porque começou cedo a trabalhar na herdade da Tamargueira. É filha de Avelina e mulher de Libório Sardinha (Nuno Melo), o antigo encarregado da Tamargueira. É um homem rude e de poucos estudos. Lucrou com o pós-25 de Abril, comprou um camião de longo curso e partiu rumo ao estrangeiro.

Maria Francisca Sardinha (Mafalda Matos) e Maria Clara (Sofia Arruda) são filhas de Felicidade e Libório. A primeira trabalha na pensão, em Vila do Anjo durante o dia e à noite no Curral das Gatas, bar de alterne clandestino. A outra é filha de Felicidade e Libório, é o patinho feio da família e só a avó a defende. Nunca teve namorados, refugiando-se nos livros e nos sonhos.

.

IMAGENS DOS PRIMEIROS EPISÓDIOS

Poderás ainda saber mais sobre a história da novela, ver as promos e outras novidades na notícia publicada anteriormente pelo Espalha Factos, clicando aqui. Em baixo encontras algumas das cenas que irão para o ar na TVI a partir de dia 20, nos primeiros episódios de Anjo Meu (clica na miniaturas para ver as imagens).