Segundo a notícia avançada pelo The Guardian, a produtora de Steven Spielberg, DreamWorks, obteve os direitos de autor de dois livros sobre o surgimento da Wikileaks.

Os livros sobre os quais se baseará a película são: Wikileaks: Inside Julian Assange’s war on secrecy, (em português Wikileaks: dentro da guerra de Assange contra o secretismo) e ainda Inside Wikileaks: My time with Julian Assange world’s most dangerous website (Por dentro do Wikileaks: O meu tempo com Julian Assange no site mais perigoso do mundo).

O primeiro dos livros referidos retrata a vida do criador da Wikileaks, Julian Assange, e foi escrito por dois jornalistas do The Guardian. Por sua vez, o outro livro foi escrito por um antigo parceiro de Assange, Daniel Domscheit-Berg, e revela os motivos e os acontecimentos que levaram à criação deste site, que tantas polémicas tem originado ao longo dos últimos meses.

A realizar-se, este filme deverá seguir os ditames de Os Homens do Presidente (recorde-se que este filme se baseia no conhecido caso Watergate) e à imagem da adaptação para cinema do filme A Rede Social, inspirado nas entrevistas e processos judiciais sobre o Facebook. Estas informações acerca do enredo do filme não estão ainda confirmadas, pelo que se esperam novidades por parte da companhia cinematográfica.