Anabela celebra hoje os seus 25 anos de carreira às 21h30, na Sala Azul do Teatro Aberto, com um concerto especial no âmbito da digressão Nós 2011.

A cantora, que ganhou A Grande Noite do Fado em 1989 e o Festival RTP da Canção em 1993 com a canção A Cidade (até ser dia), vai revisitar os clássicos da música portuguesa das décadas de 50, 60 e 70.

O último dos seis trabalhos já editados pela artista, Nós, produzido pelo trompetista Laurent Filipe, recria 15 temas conhecidos do público com arranjos de jazz, que lhes conferem um ambiente mais intimista.

A artista dá voz a canções emblemáticas, que perfazem a memória musical colectiva dos portugueses, como Ele e Ela, de Madalena Iglésias, E Depois do Adeus, de Paulo de Carvalho, Ontem, Hoje e Amanhã, de José Cid e Só Nós Dois,de Tony de Matos.

O palco da Sala Azul recebe ainda uma convidada especialíssima: Simone de Oliveira, que cantará em dueto com a anfitriã uma das canções que marcou a sua carreira e que integra o álbum Nós, Degrau em Degrau. Simone cantará ainda a solo o tema Sete Letras. Anabela recebe ainda, para acompanhá-la em 4 temas, a Big Band Loureiros, uma big band de metais composta por 13 elementos.

Para além da sua carreira como cantora, Anabela é também reconhecida como actriz de teatro musical através da sua colaboração com Filipe La Féria, nomeadamente em My Fair Lady, Música no Coração e Jesus Cristo Superstar, e pelas suas dobragens para os filmes da Disney, Pequena Sereia, Mulan e Entrelaçados.

Os bilhetes para o espectáculo variam entre os 15 e os 25 euros.

Com o aproximar 47ª edição do Festival RTP da Canção 2011, amanhã em directo na RTP1 a partir das 21:25, aproveite para conhecer hoje ao vivo uma das muitas vozes que o Festival descobriu ao longo dos anos em Portugal.