No próximo Domingo, dia 27 de Fevereiro, realiza-se a 83ª edição dos Óscares da Academia, os maiores prémios da indústria do cinema. A cerimónia é emitida nas televisões de todo o mundo, em directo do Kodak Theatre, em Los Angeles, ao longo da madrugada de segunda-feira. O Espalha-Factos apresenta-te aqui os dez filmes nomeados para a categoria de Melhor Filme, dando-te a conhecer melhor os possíveis vencedores da principal categoria dos Óscares.

127 Horas – 127 Hours

127 Horas é a história verídica de um montanhista e da sua luta pela sobrevivência depois de cair num desfiladeiro isolado no Utahe ficar com o braço preso sob uma rocha. Nas 127 horas seguintes, Aron Ralston analisa a sua vida, recorda as decisões tomadas nos últimos dias, procura racionar a água e a comida que ainda possui e tenta libertar o braço do pedregulho, filmando-se para registar a ‘aventura’. A coragem e a determinação de Aron levam-no a tomar as medidas necessárias para conseguir ultrapassar a situação que enfrenta. Baseado na autobiografia de Aron Ralston, o drama é realizado por Danny Boyle (Quem Quer Ser Bilionário?) e conta com James Franco no papel de protagonista (ambos nomeados nas respectivas categorias). Do elenco fazem ainda parte Kate Mara, Amber Tamblyn, Treat Williams, Kate Burton, entre outros, com uma banda sonora conduzida por A.R. Rahman e um argumento também nomeados.

–> Trailer 127 Horas

–> Crítica de Raquel Silva.


A Origem – Inception

A Origem conta a história de Dom Cobb, um talentoso ladrão de segredos e ideias, que extrai então estes elementos durante os sonhos das pessoas. Para além de muito talentoso e influente, Cobb é também um fugitivo internacional, tendo já perdido alguém que amara por causa do trabalho. No entanto, tem agora a oportunidade de se redimir e voltar à vida que tinha antigamente, através de um último trabalho. Ao contrário do que é habitual, Cobb e a equipa têm de instalar uma ideia na mente de uma pessoa, e têm de ter o máximo cuidado para escapar a um inimigo que se aproxima. Realizado por Chritopher Nolan, que ‘escapou’ à nomeação para Melhor Realizador, o drama de ficção científica conta com Leonardo DiCaprio, Marion Cotillard, Ellen Page, Michael Caine, Cillian Murphy e Joseph Gordon-Levitt nos papéis principais. A Academia reconheceu-lhe valor nas categorias mais técnicas e no argumento, para os quais se encontra nomeado.

–> Trailer A Origem


A Rede Social – The Social Network

A Rede Social é a história do nascimento do Facebook e a polémica que rodeou o seu crescimento nos primeiros tempos. Mark Zuckerberg é um aluno de Harvard e um génio da programação que, numa noite de 2003, após ser deixado pela namorada, decide sentar-se ao computador e trabalhar numa nova ideia. Com a ajuda do amigo Eduardo Saverin, Mark desenvolve melhor a ideia, cujo impacto naquela noite surpreendeu o próprio Mark, uma ideia que se tornará, mais tarde, a rede social como hoje a conhecemos. Mas nem tudo são rosas para os dois amigos: um novo amigo vai intrometer-se no caminho da empresa e dois colegas de Harvard vão acusá-lo de plágio da sua ideia. Mark torna-se o mais jovem bilionário da história e o sucesso vai trazer-lhe não só problemas pessoais como também legais. Com oito nomeações para os Óscares, o drama é realizado por David Fincher e protagonizado por Jesse Eisenberg (ambos nomeados), Andrew Garfield e Justin Timberlake. O argumento de Aaron Sorkin e a banda-sonora encontram-se também indicados para os Óscares deste ano.

–> Trailer A Rede Social


Cisne Negro – Black Swan

Cisne Negro conta a história de Nina Sayers, bailarina da companhia New York City Ballet, que vive com a mãe, controladora e obcecada por ver a filha triunfar no ballet. Quando o director artístico da companhia, Thomas Leroy, resolve escolher uma nova bailarina principal para o bailado O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky, Nina surge como uma das escolhas mais prováveis. Para o papel, é necessário encarnar os dois cisnes: o branco e o negro. Contudo, apesar de ter todas as características do branco, Nina revela dificuldades como cisne negro. Já Lily, uma jovem bailarina, dança com a sensualidade que falta à protagonista. As duas jovens vão-se tornando cada vez mais próximas. Nina vê-se então envolta numa intensa batalha psicológica e mesmo sexual consigo mesma, que a deixa perturbada e paranóica, começando a revelar o seu lado negro. Com Natalie Portman no papel de protagonista, a provável vencedora na categoria, o filme conta ainda com Mila KunisVincent CasselBarbara Hershey Winona Ryder no elenco. Darren Aronofsky realiza o thriller psicológico e está também nomeado nestes Óscares.

–> Trailer Cisne Negro

–> Crítica de Inês Moreira Santos.


Despojos de Inverno – Winter’s Bone

Despojos de Inverno é a história de Ree, uma rapariga de 17 anos que vive com os seus dois irmãos menores e a sua mãe mentalmente debilitada numa região montanhosa, sendo por isso responsável pela manutenção da casa e da família. Vivendo numa atmosfera de grandes dificuldades e sacrifícios, como a falta de dinheiro e comida, as coisas acabam por se complicar ainda mais quando Ree é alertada de que se o seu pai, um traficante de drogas desaparecido, não comparecer no tribunal numa audiência, perderão a propriedade onde habitam. Arrebatada pela hipótese de ver o seu lar desfeito, Ree procede a uma difícil busca pelo paradeiro do pai, pondo a sua própria vida em risco à medida que se vai envolvendo em meios e com indivíduos perigosos. Baseado no livro de Daniel Woodrell, o filme é realizado por Debra Granik e protagonizado por Jennifer Lawrence, John Hawkes, Shelley Waggener e Garret Dillahunt. Conta com quatro nomeações nesta edição.

–> Trailer Despojos de Inverno

–> Crítica de Alexandra Duarte.


Indomável – True Grit

Indomável segue a jovem Mattie Ross, de 14 anos, cujo pai foi assassinado a tiro por Tom Chaney e que está determinada em fazê-lo pagar. Mattie vai ter a ajuda de Rooster Cogburn, um U.S. Marshal alcoólico e conflituoso, na sua vingança, ignorando por vezes as reservas deste e preparando-se para defrontar o assassino do pai. A rapariga acaba por perseguir Chaney até território índio e pretende encontrá-lo antes que Laboeuf, um Texas Ranger, o capture e leve para ser julgado pela morte de outro homem. Trata-se de um western com Jeff BridgesHailee Steinfeld, Matt Damon Josh Brolin, no que é um novo filme dos irmãos Coen e um possível candidado a este Óscar de Melhor Filme. Encontra-se também nomeado para Melhor Actriz e Melhor Actor Principais, bem como para Melhor Realizador e Melhor Argumento, indicando os nomes de Ethan Coen e Joel Coen (entre outras categorias).

–> Trailer Indomável

–> Crítica de Francisco Noras.


O Discurso do Rei – The King’s Speech

O Discurso do Rei conta a história de Bertie, que sobe ao trono como rei George VI de Inglaterra após a morte do pai e da abdicação do rei Eduardo VIII, seu irmão. Bertie sempre sofreu de um problema de fala que a sua esposa, Elizabeth, agora pretende curar, encaminhando-o para Lionel Logue, um terapeuta da fala pouco convencional. O país encontra-se à beira de uma guerra e precisa de um líder forte e capaz de lhe dar um rumo. Assim, e apesar de a relação entre eles inicialmente não ser a melhor, Bertie e o terapeuta acabam por formar uma ligação forte e o rei acabará por superar a gaguez com a sua determinação, tornando-se uma inspiração para o povo britânico. Tom Hooper (nomeado) realiza o filme, que conta com Colin Firth no papel de protagonista, sendo um provável vencedor do Óscar de Melhor Actor Principal, e Helena Bonham Carter, Geoffrey Rush, entre outros, como parte integrante do elenco. Nomeado para doze categorias, o drama histórico é o que lidera a corrida aos Óscares este ano, com mais nomeações (entre as quais Melhor Argumento Adaptado e Melhor Banda-Sonora).

–> Trailer O Discurso do Rei (sem legendas)

–> Crítica de Inês Moreira Santos.


Os Miúdos Estão Bem – The Kids Are All Right

Os Miúdos Estão Bem é a história de Nic e Jules, duas mulheres casadas que vivem com os seus filhos adolescentes, Joni e Laser. Quando Joni se prepara para ir para a Universidade, Laser pede-lhe que o ajude a encontrar o pai biológico de ambos, sendo que foram concebidos através de inseminação artificial. Joni consegue entrar em contacto com o pai, Paul, um empresário da restauração, sendo que também o irmão gosta do estilo descontraído do solteirão, sobretudo em contraste com Nic, uma médica que há muito estabeleceu regras em casa. Jules, por seu lado, sente também empatia com Paul, e à medida que ele vai entrando nas vidas de todos, os laços familiares vão-se alterando. Annette Bening (nomeada), Julianne Moore, Mark Ruffalo (nomeado) e Mia Wasikowska protagonizam a comédia, que é talvez a maior surpresa nas nomeações nesta categoria. O filme é realizado por Lisa Cholodenko e o argumento tem também uma nomeação.

–> Trailer Os Miúdos Estão Bem


The Fighter – Último Round

The Fighter conta a história de dois irmãos e do pugilismo nas suas vidas. Dicky Ecklund é uma antiga lenda do pugilismo, desperdiçando o seu talento e deitando fora a sua oportunidade de sucesso. Começa então a treinar o seu meio-irmão, Micky Ward, um pugilista que sempre viveu na sua sombra. Mas Dicky desleixa-se no treino de Micky e este procura distanciar-se da família para conseguir uma oportunidade no mundo do boxe, contando com a ajuda do pai e da namorada, Charlene. No entanto, os laços que os unem são muito fortes. Com discussões e dificuldades pelo meio, os irmãos acabam por se juntar num combate que pode voltar a unir a família e orgulhar a cidade, ajudando também Micky a tornar-se um profissional. O drama biográfico é realizado por David O. Russell, nomeado, e protagonizado por Christian Bale, Melissa Leo, Amy Adams (todos nomeados) e Mark Wahlberg. Está também nomeado para Melhor Argumento Original e outras categorias técnicas.

–> Trailer The Fighter


Toy Story 3

Toy Story 3 é o terceiro filme da saga Toy Story, desta vez marcando a ida de Andrew para a faculdade e, por isso mesmo, o abandono dos seus brinquedos de infância. Woody, Buzz e Jessie, juntamente com os outros brinquedos, temem o que lhes acontecerá num futuro sem Andy. Em lugar de serem deitados fora, são acidentalmente doados ao Sunnyside Daycare Center, apreciando a alegria de serem utilizados pelas crianças. No entanto, depressa se apercebem de que são maltratados no estabelecimento, governado pelo urso Lotso e o seu gang. Os brinquedos têm então de elaborar um esquema para conseguirem sair do centro e regressarem a casa e ao dono Andy, liderados por Woody. O terceiro filme da saga é realizado por Lee Unkrich e encontra-se também nomeado para a categoria de Melhor Filme de Animação. Conta com as habituais vozes de Tom Hanks, Tim Allen e Joan Cusack.

–> Trailer Toy Story 3 (versão dobrada em português)


Aqui fica também a tabela de classificações atribuídas aos filmes nomeados, por parte de alguns elementos da nossa equipa de cinema:

* com Francisco Noras