116446939MH027_RIOT_BREAKS_

O beijo de 2011

O EF inaugura, com o novo ano, uma nova rubrica semanal onde a fotografia estará em destaque. Noticias, curiosidades, imagens que ficaram para a História, fotógrafos do ontem, hoje e amanhã e factos de interesse dos dois lados que a objectiva esconde.

2011 já lá vai há umas horas, mas ainda não é tarde, nem cedo, para recordar momentos que o marcaram.

A revista norte-americana Esquire nomeou como Foto do Ano a imagem protagonizada por Scott Jones e Alexandra Thomas. Namorados, ela canadiana e ele australiano, unem num beijo a representação do amor. Uma fotografia icónica, da autoria de Rich Lam, correu o mundo e apaixonou até os menos românticos.

Se estás farto de tops e retrospectivas do ano que passou, lamento mas esta imagem já faz parte dos grandes beijos que marcam a história e a fotografia.

A fotografia de 2011 não escapou a comparações com o célebre retrato de 1945 de Alfred Eisenstaedt. V-J Day in Times Square ou o beijo de um marinheiro norte-americano a uma jovem enfermeira, encerra igualmente “o beijo” como acto simbólico do contexto. Se a fotografia de 1945 simboliza o festejo do final da Segunda Guerra, a de 2011 marca os inesperados confrontos em Vancouver, no Canadá, depois de um jogo de hóquei no gelo, em Junho.

Ao serviço da agência de fotografia Getty Images, Richard Lam, fotógrafo de longa experiência, entrou directamente para a história do fotojornalismo. O casal de amantes, por sua vez, fez capa de inúmeras publicações e é a mais recente personificação do slogan “make love, not war” (faça amor, não a guerra), associado ao movimento cultural que emergiu nos anos 60.

Em entrevista ao site popphoto.com, Lam diz ter feito seis fotografias do casal, doze na totalidade da cobertura aos incidentes. Questionado face às acusações de ser uma montagem ou uma encenação, brinca com a gíria fotográfica dizendo ter sido “definitivamente um tiro de uma Nikon (risos)”. Uma D3, ISO 6400, obturador aberto em f/2.8: 1/40th por segundo, usando uma 70-200mm como lente: eis a receita para uma fotografia se tornar uma imagem ícone.

Alex e Scott vivem agora na Austrália. Scott diz ter tido conhecimento da fotografia por uma amiga que a descobriu no Facebook. Confessa, ainda, ter sido a sua irmã quem entrou em contacto com os meios de comunicação social. The Kissing Couple, como foi apelidado, não esperava o impacto e o sucesso viral da fotografia. Alex conta que estava bastante assustada e quando caído, Scott tentou protegê-la e confortou-a com um beijo.

Um beijo apaixonado e que apaixonou.

Num ano em que a figura do manifestante esteve em destaque, aqui o amor venceu.

httpv://www.youtube.com/watch?v=r3xUp7YhTG0&feature=related

* Este artigo é, por opção do autor, escrito ao abrigo do Antigo Acordo Ortográfico. 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
meghan markle
Meghan Markle. A Duquesa que prima pela diferença e simplicidade